Últimas

Servidoras da Seas participam de ação alusiva ao Outubro Rosa

Como parte das atividades alusivas ao ‘Outubro Rosa’, as servidoras da Secretaria de Estado da Assistência Social (Seas) participaram, nesta quarta-feira, 20/10, de uma série de ações que incentivam o autocuidado, prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama. Foram oferecidos serviços gratuitos como massoterapia, embelezamento e palestras que destacavam a atenção à saúde da mulher.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Uma das palestrantes foi a enfermeira Val Queiroz, diagnosticada com câncer de mama no ano passado e que atualmente faz radioterapia para tratar a doença. Ela frisou a importância do autoexame e falou sobre a sua experiência diante do diagnóstico.

“Eu sempre me cuidei e sempre tive uma rotina de exercícios, sou da área da saúde. O diagnóstico, primeiramente, foi um baque. Fiquei desesperada. Depois, precisei reagir. Já passei por quimioterapia e cirurgias. Há quase um ano, não via esperança para mim, mas encontrei forças na minha fé e desde então sou uma nova pessoa. Nunca me senti tão forte, acolhida e amada. Poder falar sobre a minha experiência, alertar outras mulheres sobre a importância do autoexame e informá-las sobre seus direitos é extremamente importante para mim”, disse.

No evento, as servidoras tiveram, ainda, atração musical e dança. A titular da Seas, Alessandra Campêlo, disse que iniciativas que aliam bem-estar à prevenção são primordiais e frisou que o diagnóstico precoce aumenta as chances de cura.

“Apenas em 2021, o Instituto Nacional de Câncer (Inca) estima 450 novos casos da doença no Amazonas. Iniciativas como essa são extremamente importantes porque valorizam as mulheres, estimulam o cuidado com a saúde. Nós precisamos conscientizar as mulheres sobre a importância de fazer mamografia e autoexame, aliar uma boa alimentação e exercícios físicos à rotina”, explicou.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.