Últimas

Após aumento no número de casos de Covid-19, Secretaria de Saúde envia equipes para o interior do Amazonas

 Amazonas – Nesta terça-feira (16), o secretário de saúde do Amazonas, Anoar Samad, disse que enviou equipes para os municípios de Boa Vista do Ramos, a 269 km de Manaus e Jutaí, a 632 km, após as cidades apresentarem aumento no número de casos de Covid-19, sendo que o primeiro município citado já entrou em estado de alerta.


“Nós tivemos essa informação e já mandamos equipes. Essas equipes já tem quase 10 dias por lá, e elas estão trazendo esses relatórios. Precisamos ter esses dados, que são, como tá a vacinação, quantos vacinaram a primeira dose, quantos receberam a segunda, quantos não vacinaram, se vacinaram as duas doses, quando foi a última, todo esses relatórios vamos ver”, disse o secretário.

Samad também explicou que tanto em Boa Vista do Ramos como em Jutaí, há forte presença de indígenas, e que alguns, por motivos religiosos, não se imunizaram, o que pode influenciar no aumento de casos da doença.

“São regiões que tem população indígena, alguns que, por motivos religiosos não permitem a vacinação, então conversamos com o Ministério da Saúde. E o problema é que você também não consegue manter o índio isolado, aquele que está contaminado, e ele quer andar e acaba contaminando outros”, explicou.

O secretário ainda ressaltou a importância da vacinação e explicou que os imunizantes tendem a evitar formas da grave da doença.

“O principal efeito dos imunizantes é evitar as formas graves, internações, UTI e óbitos, e isso vem diminuindo bastante. As pessoas dizem: ‘ai, eu peguei covid e estou imunizado’. […] Quantos morreram por causa da vacina? Quantos morreram por Covid? Covid gera imunidade sim, mas gera imunidade matando muitos para que os outros sejam imunizados. A vacina não. São quatro milhões de doses já aplicadas aqui no estado”, ponderou.

* Com informações da assessoria

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.