Últimas

Boas práticas no beneficiamento do açaí são tema de capacitação realizada pelo Idam em Codajás

O Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam) realizou nesta semana, em Codajás (distante 240 quilômetros de Manaus), o curso de Boas Práticas de Fabricação no Beneficiamento do Açaí.


A programação, de segunda (22/11) a quinta-feira (25/11), abordou temas como boas práticas, noções de microbiologia, cuidados na manipulação e pós-colheita.

O curso foi ministrado pelo engenheiro agrônomo do Idam, Washington Luís Aguiar. Conforme ele, a capacitação reuniu 15 batedores de açaí para falar de temas relacionados ao manuseio adequado no desenvolvimento de toda a cadeia produtiva, desde o beneficiamento até a mesa do consumidor.

“Essa é uma questão muito importante de se abordar, porque ainda hoje encontramos muitas pessoas que trabalham sem tomar todos os cuidados necessários, não só na cadeia produtiva do açaí, mas de todas as frutas. Procuramos abordar todos aqueles cuidados que o batedor deve ter para que se tenha um produto livre de contaminações que prejudiquem a saúde do consumidor”, explicou Washington.

Os tópicos abordados incluíram: boas práticas, noções de microbiologia, doenças transmitidas por alimento, transmissão de doença de Chagas, cuidados na manipulação dos alimentos, pós-colheita, beneficiamento e instalações físicas.

Washington salientou ainda a importância de se ter abordado o controle da doença de Chagas, que está relacionada ao consumo de açaí mal manipulado.

“Foi introduzida aos batedores a prática do branqueamento dos frutos do açaí, que consiste no aquecimento dos frutos na água a 80°C durante 10 segundos, o que, segundo pesquisas, é uma das maneiras que você consegue matar o parasita causador da Doença de Chagas”.

Açaí – O açaí faz parte da base alimentar da população amazonense, assim como o peixe e a farinha, e está presente nos 62 municípios do Amazonas em ecossistemas de várzea e terra firme. Com uma área plantada estimada em 5.134 hectares em 2020, a produção do fruto cultivado registrou um aumento de 26% com 37.132 toneladas em comparação com 2018, quando foram registradas 27.477 toneladas. A produção envolveu cerca de 4.213 famílias rurais.

Já a produção de açaí nativo foi de 38.607 toneladas em 2020, correspondendo a 51% da produção de açaí no Amazonas, envolvendo 8.451 famílias rurais.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.