Últimas

Policlínica Codajás realiza Semana da Pessoa com Estomia

Em alusão ao Dia Nacional da Pessoa com Estomia, comemorado nesta terça-feira (16/11), a Policlínica Codajás, unidade da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), realiza, até sexta-feira (19/11), a Semana da Pessoa com Estomia com diversas atividades voltadas aos pacientes, que utilizam equipamentos de estomia, atendidos na unidade de saúde.


Durante a abertura da semana, nesta terça-feira, pacientes foram homenageados e receberam brindes. No Programa de Atenção à Pessoa com Estomia há 40 anos, a aposentada Ila Lopes, 59 anos, destacou a evolução da assistência aos pacientes. “Eu sempre falo que estar no programa não é o fim da vida e sim o começo de tudo. Quando eu comecei a usar, não existia a bolsa de colostomia e usava sacola de supermercado e outros improvisos. Hoje tem o programa e ele ajuda as pessoas”, declarou.

Hoje, a dona de casa aposentada pratica atividades físicas, faz trabalho voluntário junto aos colegas que utilizam bolsa de estomia, levando a experiência e o conhecimento que tem as pessoas com estomia.

O diretor da Policlínica Codajás, Ráiner Figueiredo, celebrou as conquistas do programa, que atende 1.050 pacientes com o fornecimento de bolsas e atendimento multidisciplinar. “Eles estão tendo a dignidade que merecem com nosso programa e atendimento especializado. Temos uma equipe muito especial, que não somente faz a entrega da bolsa, mas que detalha o que cada paciente precisa”, ressaltou o fisioterapeuta.

A enfermeira estomaterapeuta do programa Carla Virgínia enfatizou que a assistência multiprofissional visa facilitar o processo de reconhecimento e convívio com o estoma, o autocuidado e a autoestima. "Nossa missão é proporcionar meios para que o indivíduo tenha qualidade de vida, valorizando suas particularidades para que o estoma tenha o sentido de nova oportunidade de vida e de um novo normal sem limites'', disse.

A coordenadora do Centro Especializado em Reabilitação (CER III), Adriana Azevedo, ressaltou que as ações do programa asseguram mais qualidade de vida aos pacientes. “Cada atendimento é especial e individual. Temos buscado acompanhar a tecnologia que temos no mercado e fazer um estudo técnico antes de inserir no programa. Temos equipamentos de alta tecnologia e nossa equipe é de grande qualidade técnica”, concluiu.

Sobre o programa - O Programa de Atenção à Pessoa com Estomia é porta-aberta e os interessados podem dirigir-se à Policlínica Codajás munidos com encaminhamento médico, boletim de alta, cópia do RG, CPF, comprovante de residência e cartão do SUS.

FOTOS: Islânia Lima/Policlínica Codajás

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.