Últimas

Prefeito David Almeida determina início imediato da recuperação da rua Mantiqueira, na Redenção

O prefeito de Manaus, David Almeida, ao lado do vice-prefeito e secretário municipal de Infraestrutura (Seminf), Marcos Rotta, determinou nesta quinta-feira, 11/11, o início imediato da recuperação da rua Mantiqueira, localizada no bairro Redenção, zona Oeste da capital, onde construções irregulares e o rompimento de uma adutora da concessionária de água causaram um grande afundamento da pista.


"Esse é mais um grande problema que a Prefeitura de Manaus tem pela frente, causado por construções irregulares. Realizamos essa visita acompanhado do vice-prefeito Marcos Rotta, e nos próximos dias iniciaremos a recuperação dessa erosão. Será um processo complexo, mas não mediremos esforços para entregar essa área para a população no menor espaço de tempo possível", enfatizou Almeida.

A fiscalização da área contou com a presença de representantes da Defesa Cívil. No local, as equipes da Seminf precisarão implantar uma nova rede de drenagem profunda, mais ampla e moderna.

De acordo com Rotta, a obra é complexa com a drenagem bastante profunda em uma área residencial e comercial, e o local precisa de estudos para que seja feito um trabalho sério, eficiente, duradouro e seguro para todos.

“Estamos aqui hoje com a presença do prefeito David Almeida para que ele possa ver mais uma realidade dentro da cidade de Manaus, que são os rompimentos das redes de drenagem profunda, redes antigas que não suportam o grande volume de águas, além das construções irregulares em cima das redes de drenagem que acabam favorecendo esse tipo de problema. Aqui vamos fazer uma obra emergencial, o prefeito já nos autorizou a contratar uma empresa que possa trabalhar de forma rápida. Vamos conversar também com os moradores, porque não será uma obra fácil, mas não vamos medir esforços para que seja concluída no menor tempo possível", enfatizou Rotta.

Ainda segundo ele, os trabalhos envolvem todas as concessionárias e vão seguir a orientação da Defesa Civil do Município, pois, no local onde a pista afundou, existem duas redes com cerca de 10 metros.

Fotos – Ruan Souza / Semcom

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.