Últimas

Prefeitura faz alinhamento para realizar festa de Réveillon na Ponta Negra

O Réveillon de Manaus, que em 2020 não foi realizado em razão da pandemia, está tomando forma neste ano, e foi anunciado pelo prefeito David Almeida, na semana passada.


Nesta quarta-feira, 17/11, o diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Alonso Oliveira, e o diretor-presidente do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), engenheiro Carlos Valente, se reuniram para alinhar os preparativos para a virada na Ponta Negra, tendo como foco principal o respeito aos protocolos sanitários, o aquecimento da economia e a segurança da população.

O avanço da vacinação contra a Covid-19 e a redução do número de casos e óbitos pela doença permitiu a flexibilização, para o retorno de eventos e festas, incluindo os de grande porte, como é o Réveillon da cidade.

“O tamanho da festa será definido conforme o avanço da campanha de vacinação contra a Covid-19 e o número de casos confirmados. Vamos acompanhar semanalmente o avanço da doença. Não podemos deixar que Manaus passe novamente por aquilo que enfrentou no início do ano”, enfatizou David Almeida.

Organização

Para Alonso, a reunião foi um primeiro passo na ampla organização, incluindo especialmente os permissionários que trabalham no parque, que representam um forte empreendedorismo na área. “Passamos quase dois anos sem um evento desse e é o momento de celebrar a vida”, disse o diretor da Manauscult.

Para Carlos Valente, as operações artísticas, de logística e comerciais para a festa partem do levantamento de informações do funcionamento do complexo, para que a Prefeitura realize um grande evento, cuidando, principalmente, da segurança de quem for até a Ponta Negra.

“Devemos manter os protocolos de segurança em relação à pandemia. O prefeito anunciou que atingimos mais de 70% da população vacinável imunizada e que agora chega a hora de se buscar nova dinâmica para a capital. E todos devem contribuir de forma responsável, para que os eventos sejam tranquilos, com a vigilância sanitária e os cuidados individuais, o uso de máscara e a vacinação”, comentou.

Os cidadãos, segundo Valente, podem dar uma demonstração de que é possível fazer a comemoração do novo ano, superando as dificuldades da pandemia, pensando em um futuro melhor, com mais saúde e com menos impactos negativos como os vividos em 2020 e 2021.

O Réveillon deste ano contará com atrações nacionais como Luan Santana e os artistas do segmento gospel, Fernandinho e Leonardo Gonçalves, além de bandas e cantores locais.

Na semana passada, David Almeida divulgou que o Réveillon da cidade será realizado em duas frentes diferentes: a tradicional, na Ponta Negra, e um gospel, no entorno da Arena da Amazônia. A realização do Réveillon em outras áreas da cidade depende do avanço do esquema vacinal contra o coronavírus.

“Teremos dois réveillons em Manaus. O já tradicional, na Ponta Negra, e um gospel, no entorno da Arena da Amazônia. Na Ponta Negra, teremos como atração nacional o cantor Luan Santana. Já na arena, teremos Fernandinho e Leonardo Gonçalves. Ainda estamos planejando outros pontos pela cidade. A festa também contará com o brilho dos artistas locais. Esperamos que até lá, já tenhamos avançado na vacinação, e assim vamos conseguir aproveitar a virada de ano de uma maneira segura e alegre, devolvendo o sorriso à população de Manaus”, afirmou o prefeito.

Segundo o prefeito, a capacidade de lotação de pessoas nos dois locais será de no máximo 50%, conforme o decreto estadual. Haverá ainda exigência do passaporte de vacina, na qual as pessoas deverão ter o ciclo vacinal completo (duas doses ou dose única) contra a Covid-19.

Fotos – Elton Viana / Semcom

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.