Últimas

Prefeitura realiza votação para escolha de novos integrantes do Ciamp

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), realizou a votação para a escolha dos quatro representantes interessados nas vagas para o Comitê Intersetorial de Acompanhamento e Monitoramento de Política Municipal para a População em Situação de Rua (Ciamp), que ocorreu na tarde desta sexta-feira, 12/11, no auditório do Ministério da Saúde, no bairro Chapada, zona Centro-Sul.


A escolha dos titulares e suplentes foi realizada por meio de voto secreto, onde foram eleitos os quatro mais votados. Ao todo, 13 representantes da população em situação de rua concorreram às vagas e votaram para a escolha de seus representantes.

“A Semasc está coordenando esse processo de escolha dos representantes, e como primeira tarefa no Ciamp teremos a elaboração do 'Plano Municipal de Promoção dos Direitos Humanos da População em Situação de Rua'. Aqui eles estão se apresentando como candidatos e apresentando as propostas que eles vêm defendendo nas diversas organizações”, informa a subsecretária de Políticas Afirmativas para as Mulheres e Direitos Humanos da Semasc, Graça Prola.

Os dois candidatos mais votados foram Sérgio Marcondes e Sinval da Silva Pinheiro, que serão os titulares na composição do Ciamp. Já o terceiro e quarto colocados, foram Abimael Lima e Paulo Bernardes, que integrarão como suplentes.

”É um dos momentos mais significativos para a construção do Ciamp. As pessoas em situação de rua estão aqui hoje escolhendo entre eles quem serão os que os representarão e auxiliarão na construção e implementação das políticas de assistência e tudo quanto é pertinente aos direitos enquanto cidadão”, afirma Cássia Rozaria da Silva, integrante do Ciamp.

A votação contou com a presença de representantes do Movimento Comunitário Vida e Esperança (MCVE), Pastoral do Povo da Rua de Manaus, Desafio Jovem, Centro de Formação Vida Alegre (CFVA), Abrigo Gecilda Albano, entre outros.

“O meu maior objetivo é a retirada das pessoas das ruas, por meio de iniciativas que ajudem essa população a integração no mercado de trabalho, pois não adianta conseguir pôr em abrigo se eles não têm renda”, observa Sérgio Marcondes.

Comitê

O Ciamp irá trabalhar com o monitoramento e acompanhamento da política para a pessoa em situação de rua; formação e capacitação continuada de profissionais e gestores para desenvolvimento de políticas públicas intersetoriais, transversais e intergovernamentais; monitoramento e divulgação da contagem oficial da população em situação de rua; incentivo à pesquisa, produção e divulgação de conhecimento sobre esse público.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.