Últimas

Primeiras horas da Black Friday: pequenas e médias empresas ja movimentaram R$4 milhões

Brasil – A Black Friday, dia mais aguardado do varejo nacional, começou agitado para as pequenas e médias empresas (PMEs), responsáveis por movimentar 4 milhões de reais, apenas na primeiras oito horas desta sexta-feira.

 A análise foi feita pela Nuvemshop, plataforma de e-commerce que oferece soluções de gestão e vendas para pequenos lojistas na América Latina.

O resultado é ligeiramente menor do que o visto no mesmo período do ano passado, quando as PMEs movimentaram 4,4 milhões de reais entre meia noite e 8 horas da manhã da última sexta-feira do mês de novembro. No total, as PMEs venderam virtualmente41.000 produtos nesse período de tempo, sendo 108 produtos vendidos a cada 1 minuto. O destaque especial do faturamento foi à meia noite, horário mais forte de vendas, e quando foram registrados mais de 189 produtos vendidos por minuto.

Para chegar a esses resultados, a Nuvemshop analisou uma base de clientes formada por mais de 90.000 empreendedores, muitos deles no Brasil.

A análise da Nuvemshop é de que, diferente do ano passado, em 2021 os pequenos lojistas tiveram de antecipar suas estratégias de vendas, como promoções e frete grátis, para dias antes da Black Friday, em uma movimentação que reconheceu a desaceleração econômica e os impactos da inflação.

Isso justifica, em partes, a queda no faturamento dessas empresas no período, e também o número total de produtos vendidos — de 66.000 em 2020 para 41.000 em 2021. No entanto, outros resultados são positivos chamam a atenção. Um deles é o aumento no tíquet-médio das compras de R$ 217 para R$ 220.

Top 5 categorias que mais venderam

Moda – (47%)
Brinquedos – (7,5%)
Eletrônicos – (7%)
Saúde e Beleza – (5%)
Casa & Jardim – (4%) 

FONTE: PORTAL CM7 

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.