Últimas

Recuperação da área de erosão no Mauazinho avança em ritmo acelerado com ação da Prefeitura de Manaus

O prefeito de Manaus, David Almeida, vistoriou, na manhã desta sexta-feira, 19/11, a obra de contenção e recuperação total da área de erosão na rua Manoel Ribeiro, bairro Mauazinho, zona Leste da capital.


A erosão de 45 metros de altura é uma das diversas áreas da cidade que estão passando por intervenções, para suprir as necessidades deixadas pelas gestões anteriores.

"A contenção, compactação do solo, colocação de grama, escadas, drenagem, recuperação da rua, construção de praça, tudo isso está avançando aqui. Além dessa área, estamos atuando em outras em Manaus, cuidando de problemas que se alastraram por muitos anos, em diversas gestões, como nos bairros Cidade de Deus, Centro, Mauazinho, conjunto Lula, Nova Cidade, São Raimundo e Monte das Oliveiras. Todas essas áreas com erosões de muito tempo, até de 10 anos, e agora estamos fazendo a recuperação, para evitar desastres e acidentes", enfatizou o prefeito David Almeida.

A obra no Mauazinho, realizada pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), avança de forma célere e emergencial, para que a segurança de moradores da área seja garantida. Já foi realizada a contenção no local com mais de 20 mil metros cúbicos de argila para o aterro.

As próximas fases da obra contemplam drenagens profundas, caixas coletoras, dissipadores, terraplanagem e asfalto. Ao final da recuperação será construída uma praça, que moderniza a área para as mais de cem famílias moradoras das adjacências.

Ocupações irregulares

David Almeida voltou a destacar seu compromisso de gestão, em não permitir novas ocupações irregulares em áreas de Manaus.

"Áreas ocupadas irregularmente, que ocasionaram grandes problemas, áreas como essa, estão recebendo uma mudança imensa. Há diferença de como era e como está ficando. É realmente o melhor serviço sendo prestado, mas não vamos mais permitir novas ocupações, e se preciso for, eu venho semanalmente para fiscalizar. Peço, inclusive, o apoio da população, para que denuncie ocupações ilegais", enfatizou Almeida.

Fotos - Márcio Melo / Seminf e Dhyeizo Lemos / Semcom

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.