Últimas

Rede de proteção à mulher da Sejusc marca ação social em Atalaia do Norte

Com o objetivo de atender 300 mulheres por dia em Atalaia do Norte (a 1.138 quilômetros de Manaus), o Governo do Amazonas, por meio da rede de proteção à mulher da Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), oferece atendimentos psicossociais e jurídicos, Camarim da Autoestima e orientações sobre a rede de proteção, nesta quarta-feira (17/11), no Ginásio Poliesportivo Professor Lucival Brotas.


Além desses serviços, a ação coordenada pela Sejusc conta com atendimento do Idoso Empreendedor, solicitação da Carteira de Identificação para Pessoa com Deficiência (CiPcD), Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (Ciptea), solicitação do Passe Legal, emissão de 1ª e 2ª via de Registro Geral (RG), entre outros. A ação iniciou na manhã de terça-feira (16/11) e termina nesta quinta-feira (18/11).

De acordo com a secretária titular da Sejusc, Mirtes Salles, essas ações garantem os direitos da população e são determinações do governador Wilson Lima.

“Estamos diariamente oferecendo nossos serviços e atendendo mulheres por meio da nossa grande rede de proteção. Essas ações mostram o compromisso do nosso governador Wilson Lima em atender as demandas da população não só da capital, mas também dos municípios. Esses trabalhos são essenciais, e é gratificante realizar cada atendimento”, disse a gestora.

A secretária executiva de Políticas para Mulheres da Sejusc, Maricília Costa, afirma que a rede de proteção é preparada e empenhada para acolher e atender todas essas mulheres.

“Temos um compromisso muito grande em dar todo o suporte para as mulheres que nos procuram, acreditamos que juntas somos mais fortes e a rede de proteção à mulher da Sejusc busca acolher e atender todas elas sempre com um serviço qualificado”, disse a secretária.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.