Últimas

Sedecti alinha resultados do Programa Amazonas Mais Verde com órgãos participantes

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), se reuniu nesta sexta-feira (26/11) com órgãos estaduais, no objetivo de fazer o alinhamento dos resultados referentes ao segundo semestre de 2021 do Programa Amazonas Mais Verde.


A reunião ocorreu no auditório da Sedecti, localizada na Avenida Urucará, 595, bairro Cachoeirinha, zona sul de Manaus.

Entre os assuntos tratados, ficaram decididos alguns ajustes em relação à aceleração do programa, distribuição das atividades financeiras, demonstração do andamento, além de indicadores para atingir as metas do Programa.

O secretário executivo de Desenvolvimento Econômico da Sedecti, Renato Freitas, avaliou como positiva a reunião. Segundo ele, os resultados têm evoluído e, com isso, as equipes técnicas podem executar ações em campo.

“Esse tipo de reunião tem sido feito periodicamente com as equipes técnicas para promover os ajustes e as avaliações parciais, emitindo relatórios semestrais que são necessários para acompanhar a evolução do Programa”, disse ele.

Segundo o secretário, os resultados têm evoluído e, nos próximos semestres, haverá uma aceleração das atividades com a ida de equipes para campo.

“Outro avanço é que as compras e aquisições estão mais facilitadas com a estabilização do mercado que durante a pandemia da Covid-19, tivemos muita dificuldade. Estaremos fazendo todos os ajustes necessários para as próximas etapas do Programa”, declarou Renato.

A Sedecti está na coordenação estratégica do “Amazonas Mais Verde”. Os órgãos executores do Programa são: Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam) e Secretaria de Estado das Cidades e Territórios (Sect).

O próximo encontro está previsto para acontecer na próxima quinzena, porém, desta vez, a pauta será sobre as prestações de conta aos órgãos federais.

Amazonas Mais Verde – O Programa Amazonas Mais Verde está inserido no contexto do Plano Estadual de Controle de Desmatamento e Queimada do Amazonas (PPCDQ-AM), que tem por objetivo executar os recursos do Fundo Petrobras na implementação dos três eixos do referido plano.

Os objetivos do Programa são: a) Aumentar a efetividade e eficiência da gestão ambiental e territorial, em áreas sob intensa pressão pelo uso dos recursos naturais; b) Promover ações de regularização fundiária e ambiental, nas áreas prioritárias e de intensa atividade produtiva; c) Fortalecer as estruturas de governança ambiental dos municípios; e d) Monitorar os estoques de carbono do Estado do Amazonas.

O intuito da iniciativa é de fortalecer a governança ambiental no Estado do Amazonas, reduzir o desmatamento ilegal e incentivar o uso sustentável dos recursos naturais com ênfase nas áreas críticas do desmatamento.

O Programa prevê, ainda, a descentralização das políticas de desenvolvimento rural sustentável em áreas críticas do desmatamento e queimadas ilegais, com população estimada em 3.914.091 habitantes e abrangência de 433.474,59 quilômetros quadrados (Km²).

FOTOS: Lane Azevedo/Sedecti

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.