“Trafigata” é presa pela polícia após marido ser executado; veja

 Brasil – Uma mulher investigada por suspeita de ser uma das líderes de uma organização criminosa investigada por tráfico de drogas foi presa, na manhã desta sexta-feira (12/11)

Na praça de pedágio entre Curitiba e Matinhos, no litoral do Paraná. Camila Marodim, a “trafigata”, responsável por organizar, receber e repassar a droga, seria alvo de rivais nos próximos dias.

O marido dela, Ricardo Luis Hortz Marodin, que até então era investigado como líder da quadrilha, foi assassinado na noite do último domingo (7/11) em Pinhais, na região metropolitana, em consequência da briga pelo comando do tráfico de drogas.

 

*Com informações de metrópolis 

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem