Últimas

Unidade de saúde da Prefeitura de Manaus promove atividades para marcar o Dia da Consciência Negra

A Unidade Básica de Saúde (UBS) Vicente Pallotti, da Prefeitura de Manaus, promoveu, nesta sexta-feira, 19/11, programação especial, para marcar o Dia da Consciência Negra, celebrado oficialmente no dia 20 de novembro, instituído como feriado municipal na capital em junho de 2007, por meio da Lei Promulgada nº 188.


Durante toda a manhã, usuários e servidores da unidade, localizada no bairro Praça 14 de Novembro, zona Sul, participaram de atividades que incluíram palestra e apresentação de capoeira.

Anualmente, a UBS Vicente Pallotti, da estrutura da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), realiza o evento, para despertar a conscientização da população e combater o racismo. A unidade é responsável também pelos atendimentos aos moradores do Quilombo do Barranco de São Benedito, que foi o segundo quilombo urbano do país, certificado pela Fundação Palmares, em 2014.

“É muito importante que a gente chame a atenção para essa valorização dos quilombolas, da população negra, destacando os anos de quebras de paradigmas, das lutas travadas e direitos conquistados. É uma data que não podemos esquecer, além de, cada vez mais, reforçarmos a preservação da cultura dos negros, que tanto enriquece a própria cultura brasileira”, destacou a diretora da unidade, Nonata Brazão.

Como parte da programação, foi apresentada uma roda de capoeira. O instrutor, Dinho Pé de Chumbo, explicou que a capoeira faz parte da luta dos negros contra a discriminação racial.

“O Dia da Consciência Negra é uma data simbólica, porque todos os dias são dias de luta para os negros. Podemos afirmar que ao menos 70% da cultura brasileira tem raízes negras. Na roda de capoeira, não falamos em discriminação racial, pois, para nós, a roda simboliza a igualdade. Todos são iguais dentro dela. A capoeira está presente em mais de 170 países e é a maior divulgadora da língua portuguesa no exterior”, comentou.

O representante da comunidade do quilombo, Cassius Fonseca, também conselheiro local de saúde, palestrou sobre o tema “Quilombo do Barranco de São Benedito: história e tradição cultural no bairro da Praça 14 de Janeiro”.

“Nós agradecemos a Semsa por essa iniciativa e pela parceria que sempre conseguimos manter. Nossa participação hoje, no evento, foi para falar sobre a importância do quilombo no contexto histórico do bairro Praça 14 e da preservação da história dos quilombolas, do bem cultural e imaterial do Amazonas”, informou.

20 de novembro

O Dia Nacional da Consciência Negra é celebrado no Brasil, em 20 de novembro. Foi criado em 2003, incluído no calendário escolar, até ser oficialmente instituído em âmbito nacional, pela Lei nº 12.519, de 10 de novembro de 2011, sendo feriado em cerca de mil cidades, inclusive Manaus, e nos Estados de Alagoas, Amazonas, Amapá, Mato Grosso e Rio de Janeiro, por decretos estaduais.

Fotos - Camila Batista / Semsa

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.