Últimas

Acolher, apoiar e prevenir foram lema da Secretaria Executiva de Direitos Humanos da Sejusc em 2021

Acolhendo pessoas em situação de rua, o Abrigo Emergencial e Provisório foi um dos destaques das ações realizadas em 2021 pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc).


Com duração de cinco meses, o abrigo acolheu 190 pessoas, oferecendo os cuidados básicos à essa população durante a segunda onda da Covid-19.

Gerenciado pela Secretaria Executiva de Direitos Humanos da Sejusc (SEDH), o abrigo foi montado na área da concentração do Centro de Convenções Prof. Gilberto Mestrinho – Sambódromo de Manaus, para proteger as pessoas em situação de rua durante a pandemia de Covid-19. No local, os abrigados contaram com todo o suporte do Estado, com ações sociais, de saúde e cidadania. As atividades do espaço foram encerradas no dia 27 de julho.

A secretária titular da Sejusc, Mirtes Salles, ressalta o compromisso do Governo do Amazonas em proporcionar suporte às pessoas em vulnerabilidade social.

“É de suma importância elaborar ações, programas e projetos que visem o desenvolvimento integrado com respeito aos direitos humanos. E esse é um dos compromissos do Governo do Amazonas em poder auxiliar o cidadão a garantir os seus direitos”, disse a secretária.

De acordo com a chefe do Departamento de Promoção e Defesa dos Direitos da Sejusc, Gabriella Campezatto, todas as gerências trabalharam bastante em prol das pessoas em situação de rua.

“A SEDH esteve desenvolvendo atividades no Abrigo Provisório Emergencial para a população em situação de rua, envolvendo todas as gerências da pasta em todas as ações e tendo em consideração os diversos serviços e atividades relacionadas”, disse.

Campanhas – Outras mobilizações com temáticas importantes foram produzidas ao decorrer deste ano, a exemplo das ações voltadas ao Dia do Orgulho LGBTQIA+ e das campanhas Coração Azul e Setembro Amarelo.

No mês de junho, para comemorar o mês do Orgulho LGBTQIA+, oito artistas amazonenses da comunidade foram convidados a participar do projeto “As Vozes do Arco-Íris” com músicas gravadas em áudio e vídeo divulgadas em todas as redes sociais da Sejusc. O projeto também contou com live, realizada no dia 28 daquele mês.

Já no mês de julho, a campanha Coração Azul teve como objetivo ampliar o conhecimento e a mobilização da sociedade para o enfrentamento ao tráfico de pessoas. A ação de conscientização ocorreu por meio de panfletagem e mostra de manequins com frases que remetem ao tráfico. A ação ocorreu no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, em Manaus.

“Acreditar sempre, desistir jamais” foi o tema da campanha Setembro Amarelo realizada neste ano, com foco no combate e prevenção ao suicídio. A mobilização contou com palestras em escolas públicas e centros socioeducativos, e panfletagem na Ponte Phelippe Daou (Ponte Rio Negro) e no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do bairro Redenção. As ações também se estenderam ao interior do estado, nos municípios de Parintins, Itacoatiara e Coari.

Além dessas campanhas, a SEDH realizou outras ações com o intuito de apoiar, acolher e prevenir violações de direitos desses públicos, encerrando de forma positiva o ano de 2021.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.