Últimas

Cartela com pílulas da Pfizer contra Covid-19 custará em torno de U$530 nos EUA, quase 3 mil reais

 Mundo – O governo dos Estados Unidos pagará à farmacêutica Pfizer quase US $ 5,3 bilhões por 10 milhões de cursos de tratamento de seu potencial tratamento COVID-19 se os reguladores aprovarem. Cartela com pílulas da Pfizer contra Covid-19 custará em torno de U$530 nos EUA, quase 3 mil reais


O preço do tratamento potencial da Pfizer é de cerca de US $ 529 por curso (ciclo de tratamento vendido em cartelas ou caixinha com pílulas). Os EUA já concordaram em pagar cerca de US $ 700 por curso do medicamento da Merck por cerca de 1,7 milhão de tratamentos.

A Pfizer pediu à Food and Drug Administration na terça-feira para autorizar a pílula experimental , chamada Paxlovid.

No início deste mês, a empresa disse que a Paxlovid reduziu o risco de hospitalização e morte em quase 90% em pessoas com infecções leves a moderadas por coronavírus. A farmacêutica estudou sua pílula em pessoas não vacinadas e que apresentavam maior risco do vírus devido à idade ou a problemas de saúde, como obesidade.

O FDA já está analisando uma pílula concorrente da Merck e fará uma reunião pública sobre ela no final deste mês.

A Pfizer disse na quinta-feira que o preço pago pelo governo dos EUA reflete o alto número de cursos de tratamento adquiridos até 2022.

Concorrência e superfaturamento

Um curso de cinco dias de molnupiravir, pílula usada no tratamento da Covid-19, custa US $ 17,74 (em torno de 98 reais) para ser produzido, de acordo com um relatório divulgado por especialistas em precificação de medicamentos da Escola de Saúde Pública de Harvard e King’s College Hospital em Londres. A Merck, no entanto, está cobrando do governo dos Estados Unidos US $ 712 (em torno de 3 mil 967 reais) pela mesma quantidade de remédio, ou 40 vezes o preço. É provável que a Pfizer siga pelo mesmo rumo da concorrente.

 

 

Com informações via CBSNews

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.