Cemitério do Tarumã recebe melhorias para público e permissionários

Quem passa em frente à entrada do cemitério Nossa Senhora Aparecida, no Tarumã, zona Oeste, nota a obra que vai permitir a modernização e melhoria de infraestrutura dos permissionários que vendem flores, entre outros artigos, no local.


Intervenções que promovem melhoria nas condições de trabalho e de atendimento ao público têm sido uma das ações de gestão urbana da Prefeitura de Manaus.

Com mais de 80% dos serviços concluídos, a construção de 11 boxes vai permitir a padronização do espaço, abrigando tanto os trabalhadores quanto os populares, que visitam o espaço para prestar homenagens póstumas a seus entes queridos.

“Trata-se de uma ação determinada pelo prefeito David Almeida, para incentivar a geração de emprego e renda e melhorar o serviço prestado no local. Antes, as tendas lá instaladas deixavam os comerciantes expostos às intempéries, mas agora eles terão uma estrutura mais confortável e segura”, explica o diretor-presidente do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), engenheiro Carlos Valente.

Os recursos para a construção partiram do Fundo Municipal de Desenvolvimento Urbano (FMDU) e a futura praça de venda de flores terá gestão da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp). A previsão de inauguração é para a primeira quinzena de janeiro de 2022. Os comerciantes instalados tradicionalmente na frente do cemitério vão ganhar uma obra que, além de padronizar os boxes, permite o melhor conforto, segurança e atendimento aos clientes.

A estrutura passa a contar com 11 boxes construídos em alvenaria, com cobertura em estrutura metálica, instalações elétricas e hidráulicas, além de conexão com esgotamento sanitário. O espaço apresenta recuo na pista, funcionando como uma baia, para que veículos não parem mais na via de rolamento de velocidade. Os boxes estão agrupados em conjuntos de três, tendo jardins e arborização para ambiente de estar e contemplação. O espaço ainda tem vagas de estacionamento, com recuo do meio-fio, para não impactar no trânsito.

Fotos – João Viana / Semcom

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem