Últimas

David Almeida recebe 3ª dose da vacina contra a Covid-19 e salienta importância do reforço no combate à pandemia

O prefeito de Manaus, David Almeida, compareceu, nesta quinta-feira, 30/12, no posto de vacinação contra a Covid-19 instalado no Centro de Convenções de Manaus, o sambódromo, na avenida Pedro Teixeira, Dom Pedro, zona Centro-Oeste, para receber a 3ª dose do imunizante.


Acompanhado do secretário da Casa Civil, Tadeu de Souza, o gestor municipal salientou a importância de a população comparecer aos postos de vacinação instalados pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), para receber a dose de reforço, avançando assim no combate à pandemia.

“Aproveitei essa quinta-feira para tomar a 3ª dose da vacina contra a Covid-19. Recomendo a todo mundo, pois é a nossa obrigação buscarmos essa proteção para que, o mais rápido possível, possamos estar livres dessa pandemia. Escolhi o posto do sambódromo, e ele está tranquilo como os demais espalhados pela capital. Se todos fizermos a nossa parte, mais rápido venceremos essa doença, que causou dor nos lares da cidade de Manaus e no mundo”, enfatizou Almeida.

O ato marcou o último dia da campanha de imunização de 2021, que será retomada no dia 3 de janeiro de 2022. No caso da carreta da vacinação, está previsto nessa data o deslocamento para a Praça da Matriz, onde deverá ficar posicionada até o dia 15/1.

Para a vacinação contra a Covid-19, serão mantidos os pontos estratégicos do shopping Phelippe Daou e do sambódromo, além das unidades de saúde da Semsa como as Unidades Básicas de Saúde (UBS), policlínicas e clínicas da família, Centros de Atenção Integral à Criança (Caic) e ao Idoso (Caimi).

Dose de reforço

Também no dia 3 de janeiro, a Semsa começará a aplicar a quarta dose nas pessoas com alto grau de imunossupressão. O intervalo será de quatro meses a partir da data da terceira dose.

Podem receber a dose de reforço pessoas que tenham imunodeficiência primária grave; as que estejam fazendo quimioterapia ou radioterapia para tratamento de câncer; os transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) em uso de drogas imunossupressoras; pessoas vivendo com HIV/Aids; as que fazem uso de corticoides em doses igual ou maior que 20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por 14 dias ou mais; as que façam uso de drogas modificadoras da resposta imune; pacientes em hemodiálise; e pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas (reumatológicas, autoinflamatórias, doenças intestinais inflamatórias).

Para receber a terceira dose, é necessário apresentar um documento de identificação com foto, CPF ou Cartão Nacional do SUS e laudo, exame ou receita – original e cópia, que ficará retida para controle. A relação dos documentos específicos está disponível nas redes sociais da Semsa.

Ainda no dia 3/1, haverá redução para três meses, no prazo para a terceira dose dos idosos de 60 anos e mais, contados a partir da data da segunda dose.

Pontos desativados

A Semsa orienta que os pontos de vacinação do Studio 5 Centro de Convenções e dos shoppings São José e Via Norte deixarão de funcionar em definitivo.

Nesta quinta-feira, 30/12, no ponto do Millennium já não haverá mais atendimento. O mesmo acontece com a tenda da Manaus Moderna, que foi desativada.

Fotos – Ruan Souza / Semcom

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.