Governo do Amazonas investe R$ 23 milhões na recuperação de ramais e vicinais no estado

Executado sob a coordenação da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), o SOS Vicinais iniciou em 2021 com a disponibilização de recursos da ordem de R$ 9 milhões para a recuperação de trechos de vicinais prejudicadas no período das chuvas em Manaus, Manacapuru, Itacoatiara, Humaitá e Boca do Acre, além do distrito de Santo Antônio de Matupi, em Manicoré. O programa integra o Plano Verão, do Governo do Amazonas, e tem previsão de recuperar 130 trechos intrafegáveis. As ações devem ser concluídas em 2022.


Ainda em 2021, por meio de convênios assinados com prefeituras municipais e propostas voluntárias, foram repassados R$ 14 milhões a 21 municípios, para aquisição de combustível e locação de hora/máquina.

SOS Vicinais – As melhorias promovidas pelo SOS Vicinais envolvem a realização de serviços como terraplanagem, limpeza nas laterais, remoção de material imprestável, escavação e carga de material, compactação de aterro, regularização do subleito, sub-base e base. Estas obras só podem ser realizadas durante o verão, daí ser um processo de atuação permanente do governo para garantir o escoamento da produção e trafegabilidade nas vicinais após cada período anual de chuvas.

Em 2020, mesmo com todas as dificuldades ocasionadas pela pandemia de Covid-19, foram recuperados 55 trechos de quatro ramais da Região Metropolitana de Manaus, beneficiando 542 famílias de produtores rurais. O investimento foi da ordem de R$ 1,9 milhão.

“O programa trabalha como uma emergência, por isso o nome SOS, que é um socorro ao produtor rural. O que acontece, muitas vezes, é que o produtor tem a produção, faz a colheita, mas na hora de mandar esse produto para as feiras, para o consumidor, ele não consegue, porque tem uma ladeira, um atoleiro, o carro quebra, acontecem esses problemas”, detalhou Airton Schneider, secretário executivo adjunto de Política Agrícola, Pecuária e Florestal da Sepror.

O coordenador do Programa, Willace Lima, destaca que, por meio do SOS Vicinais, a Sepror consegue prestar uma assistência integrada aos produtores da agricultura familiar.

“Nós não só recuperamos o ramal. A Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS) vem, faz o catálogo dos produtores, ajuda na comercialização dos produtos. A Agência de Defesa Agropecuária e Florestal (Adaf), quando tem a questão animal, também faz a vigilância sanitária animal. E o Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável (Idam) dá assistência técnica e capacitação para os produtores. É um kit completo, em que tudo começa com o SOS Vicinais”, concluiu Willace.

Convênios – Ainda em 2021, por meio de convênios e propostas voluntárias assinadas com prefeituras municipais, também houve investimento para garantir a manutenção de estradas vicinais, com o Governo do Estado, repassando recursos na ordem de R$ 14 milhões, para aquisição de combustível e locação de hora/máquina.

Foram contemplados os municípios de Canutama, Rio Preto da Eva, Barreirinha, Atalaia do Norte, Itacoatiara, Urucurituba, Santo Antônio do Içá, Tefé, São Paulo de Olivença, Novo Aripuanã, Japurá, Lábrea, Uarini, Pauini, Apuí, Boca do Acre, Humaitá, Beruri, Ipixuna, Tapauá e Guajará. Ao todo, foram beneficiados 90 mil produtores rurais, direta e indiretamente.

FOTOS: Divulgação

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem