Últimas

Mulher é morta estrupada e assassino corta vagina e coloca em sua boca


O corpo de uma mulher, ainda não identificada, aparentemente de 30 anos, foi assassinada, teve todo abdômen cortado e as vísceras expostas (estripada), em crime praticado nas margens dos trilhos do metrô de Teresina, próximo ao cemitério São José, na bairro Vila Operária, na zona Norte da capital.

O assassino retalhou a mulher, cortou sua vagina e colocou em sua boca. O corpo foi encontrado pela polícia às 6h40 desta quarta-feira (16).

O cabo Helio Rodrigues, da Polícia Militar do Piauí, disse que ligaram para o Copom (Comando de Operações), informando ter uma mulher morta próximo ao Mercado do Mafuá.

“O crime foi bárbaro, cortaram a vagina e colocaram na boca e abriram do peito a barriga da mulher expondo as vísceras”, disse.

O tenente Rodrigues, afirmou que ainda não foi identificado o nome da mulher.

Uma das testemunhas, o vendedor de picolé, Raimundo José Fonseca, afirmou que a mulher era pedinte na Praça Pedro II e vivia em frente ao Teatro 4 de setembro e era viciada em álcool.

O corpo da mulher será o primeiro a ser examinado pelo digitalizador do Instituto Médico Legal (IML).



Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.