Últimas

Mulher morta pelo ex-marido na frente de bebê dormia na hora do crime em Manaus


A comadre que testemunhou o assassinato de Pauliane Silva da Silva, 34, revelou à polícia que a vítima estava dormindo no momento do crime e foi pega de surpresa.



De acordo a polícia, Daniel pulou pela janela do quarto e efetuou um disparo na cabeça da ex-companheira.

A comadre relata que cinco dias antes, Daniel já havia ligado para a vítima e avisado que tinha comprado uma arma. Na ocasião, ele jurou que ia encontrar Pauliane e matá-la.

Até então, o acusado não sabia onde a ex-mulher estava morando, mas conseguiu segui-la em determinada ocasião e essa manhã, voltou para cumprir a ameaça.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.