Últimas

Na semana do Natal, Prefeitura de Manaus terá 53 pontos de vacinação contra a Covid-19

A Prefeitura de Manaus terá 53 pontos para vacinação contra a Covid-19 na semana que antecede o dia de Natal.


Até a quinta-feira, 23/12, serão 36 Unidades Básicas de Saúde (UBSs), três clínicas da família, duas policlínicas, três Centros de Atenção Integral à Criança (Caic), um Centro de Atenção Integral à Melhor Idade (Caimi), além dos pontos estratégicos: sambódromo, shopping Phelippe Daou, Studio 5 Centro de Convenções, shoppings São José, Millennium e Via Norte, feira da Manaus Moderna e a “carreta da vacinação”, ainda posicionada na praça Heliodoro Balbi (da Polícia), da parceria com o governo do Estado.

Em todos os pontos estarão disponíveis a primeira e segunda doses e as doses de reforço, sendo a da Janssen em 17 pontos específicos. Os endereços e horários de funcionamento de cada um dos locais, bem como as doses oferecidas, podem ser conferidos no site da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), por meio do link http://bit.ly/localvacinacovid19 e também nos perfis oficiais da secretaria nas redes sociais: @semsamanaus, no Instagram, e Semsa Manaus, no Facebook.

Não haverá vacinação nos dias 24 (sexta-feira), 25 (sábado) – véspera e dia de Natal - e 26 (domingo). A partir dessa semana, deixam de funcionar os pontos dos shoppings da parceria com o Estado.

Quem for receber a primeira dose, tendo entre 12 e 17 anos, precisará estar acompanhado pelo pai, mãe, ou uma pessoa maior de 18 anos. Também será necessário apresentar um documento de identidade ou certidão de nascimento, CPF ou Cartão Nacional do SUS (CNS). Quem tiver 18 anos ou mais, deve levar o documento de identidade original, com foto e o CPF.

No caso da segunda dose, basta apresentar o documento de identificação, o CPF e a carteira de vacinação com o registro da primeira dose.

Para a dose de reforço, as pessoas a partir de 18 anos e trabalhadores de saúde devem apresentar identidade, CPF e a carteira de vacinação com o registro das duas doses. Para os imunossuprimidos que completaram o esquema vacinal há 28 dias ou mais, além dos documentos, deve ser apresentada uma comprovação da condição de saúde, cuja lista está disponível nos canais oficiais da Semsa.

Fotos – João Viana / Arquivo Semcom

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.