Prefeitura inicia estudos integrados para reabilitação do CSU do Parque 10

Com 44 anos de existência, um dos centros de convergência de diversos públicos e ações sociais, culturais e esportivas, o Centro Social Urbano (CSU) do Parque 10 de Novembro, na zona Centro-Sul, recebe visitas técnicas da Prefeitura de Manaus para futuras intervenções.


Nesta segunda-feira, 20/12, o secretário municipal de Limpeza Urbana (Semulsp), Sabá Reis, e mais o vice-presidente do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), arquiteto e urbanista Claudemir Andrade, com equipes da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), estiveram no local verificando as estruturas e espaços que podem passar por requalificação.

Arquitetos e engenheiros do Implurb devem desenvolver um projeto para o espaço de reabilitação, com foco na qualidade urbana e na ampliação das estruturas públicas existentes. Os grupos vão fazer um levantamento de problemas e de soluções para oferecer melhores condições de entretenimento, prestação de serviço e uso do CSU.

“Estivemos fazendo visita in loco, como determinação do prefeito David Almeida, que faz parte das ações para reabilitação urbana, executadas para diversos pontos na capital, buscando melhorar a qualidade de vida da população, ora reconvertendo áreas públicas sem uso, ora requalificando estruturas existentes”, contou Andrade.

Estudos vão envolver melhorias no sistema viário, paisagismo, equipamentos urbanos e mobiliários.

O CSU do Parque 10 é de 1977 e foi construído no então governo do prefeito Jorge Teixeira com recursos federais.

Regiões

Na semana passada, o prefeito David Almeida e equipes da prefeitura visitaram áreas públicas no Novo Aleixo, zona Leste, para desenho de futuros projetos do programa de crescimento econômico e social “Mais Manaus”. Na região está sendo previsto um parque linear.

“Visitamos o local juntamente com o prefeito David Almeida e secretários e, a partir de projetos de reabilitação urbana, estamos desenvolvendo propostas para diversos pontos na região, buscando melhorar a qualidade de vida da população, reconvertendo áreas públicas sem uso e requalificando estruturas existentes”, explicou o diretor-presidente do Implurb, engenheiro Carlos Valente.

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem