Últimas

Revelado: H3N2, ‘vulgo’ Influenza A, a virose que está ‘arriando’ todo mundo no Amazonas

 Amazonas – A Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas e a Fundação de Vigilância em Saúde – Dra Rosemary Costa Pinto, por meio do Centro de Informações Estratégicas (CIEVS AM) alerta sobre a circulação do vírus influenza A (H3N2) em função da detecção de 62 casos positivos no mês de novembro na capital Manaus e 295 casos em dezembro (até dia 09) em Manaus e, também, nos municípios de Iranduba, Manacapuru, Parintins e Tefé. O último caso de influenza A (H3N2) identificado no Amazonas foi em 2019.Revelado: H3N2, 'vulgo' Influenza A, a virose que está 'arriando' todo mundo no Amazonas


Vacinação

No Amazonas, 813.821 doses da vacina Influenza foram aplicadas durante a Campanha da Influenza em 2021 na população prioritária, atingindo a cobertura média de 73,3%. O estado alcançou as seguintes coberturas vacinais: crianças (68,7%), gestantes (82,5%), idoso (68,9%), povos indígenas (83,1%), puérperas (96%), trabalhadores de saúde (83,3%).

Diante das coberturas vacinais alcançadas na Campanha da Influenza em 2021 e considerando a confirmação recente de casos de Influenza A H3N2 no estado, recomenda-se a intensificação vacinal nos municípios que dispõem de estoque, com oferta da vacina influenza para os grupos prioritários não vacinados durante a campanha de 2021, a saber: crianças entre 6 meses e 6 anos; gestantes e puérperas; acima 60 anos; povos indígenas e quilombolas; população privada de liberdade; adolescentes sob medidas socioeducativas; pessoas com comorbidades ou deficiência permanente

Recomendações aos serviços de saúde

Notificação imediata, em até 24 horas, dos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) no SIVEP-Gripe;

Assegurar o acesso ao Fosfato de Oseltamivir (Tamiflu) para tratamento dos casos internados e com prescrição médica de acordo com o protocolo, estabelecendo os locais de acesso ao mesmo mediante prescrição médica.

Acessar os resultados laboratoriais no GAL/Lacen e encerrar os casos no SIVEPGripe em tempo oportuno (máximo de cinco dias).

Recomendações à população: Secretaria De Estado De Saúde Do Amazonas Fundação De Vigilância Em Saúde Dra Rosemary Costa Pinto Centro De Informações Estratégicas De Vigilância Em Saúde Do Amazonas Contatos: telefone: (92) 3182-8932 | E-mail: cievsam@gmail.com COMUNICAÇÃO DE RISCO – REDE CIEVS AMAZONAS ASSUNTO: Alertar a rede de saúde sobre a circulação do vírus Influenza A (H3N2) e recomendar medidas de prevenção à população CIEVS AM.

Prevenção

Alerta à população da circulação desse vírus que causa gripe e da importância de reforçar os cuidados como: a lavagem frequente das mãos, o isolamento de pessoas sintomáticas, manter ambientes ventilados evitando aglomerações, como medidas imprescindíveis para prevenção da doença e redução da sua transmissão.

Adoção de medidas comprovadamente eficazes na redução do risco de adquirir ou transmitir doenças respiratórias, especialmente as de grande infectividade, como vírus da gripe:

a) Lave as mãos com água e sabão ou use álcool em gel, principalmente antes de consumir algum alimento;

b) Utilize lenço descartável para higiene nasal;

c) Cubra o nariz e boca ao espirrar ou tossir;

d) Evite tocar mucosas de olhos, nariz e boca;

e) Não compartilhe objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;

f) Mantenha os ambientes bem ventilados;

g) Evite contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas de gripe;

h) Evite sair de casa em período de transmissão da doença;

i) Evite aglomerações e ambientes fechados (procurar manter os ambientes ventilados);

j) Adote hábitos saudáveis, como alimentação balanceada e ingestão de líquidos.

IMPORTANTE: Indivíduos que apresentem sintomas de gripe devem evitar sair de casa em período de transmissão da doença (podendo ser por um período de até 7 dias após o início dos sintomas). Orientar o afastamento temporário (trabalho, escola etc.) até 24 horas após cessar a febre sem a utilização de medicamento antitérmico.

 

Com informações da Assessoria

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.