Últimas

VEJA VÍDEO: Mulher é empurrada e esmurrada por ex-namorado em via pública


Imagens de uma câmera de segurança registraram o momento em que uma empresária de 35 anos foi agredida pelo ex-namorado em um bar no município de Nerópolis, na região metropolitana da capital goiana. O vídeo mostra quando o homem empurra a mulher, ela cai batendo as costas e a cabeça no meio-fio. A vítima consegue se levantar, os dois seguem discutindo, a mulher chega a empurrar o agressor, que lhe atinge um soco no rosto.

O caso aconteceu na última sexta-feira (24). O advogado da vítima, Daniel Louredo afirma que a mulher levou mais de 20 pontos no rosto em decorrência da agressão.

O advogado disse que a empresária e a filha dela, de 15 anos, tinham ido ao supermercado, que fica ao lado, para comprar objetos para ceia de Natal e foi surpreendida pelo ex quando saia do estabelecimento. Segundo ele, a mulher não tinha visto que o ex estava no bar.

A mulher questionou o ex-namorado depois que o homem jogou um objeto do carro dela e, nesse momento, foi agredida. Em certo momento, a filha dela tenta separar a confusão empurrando o homem, mas ele dá uma tapa em sua mão. A gravação registrou ainda que, após isso, a mulher tenta dar um soco nele em defesa da filha, mas não o atinge, momento em que ele revida com um soco no olho da empresária, que cai novamente.

Relacionamento breve

De acordo com o advogado, o ex-casal teve um “breve” relacionamento e não se via há dois meses. Segundo ele, durante o namoro, a empresária comprou um carro do ex-namorado . Quando terminaram, a mulher ainda devia um valor de R$ 500 para o homem. Essa dívida seria, a princípio, a motivação das agressões.

“A negociação do veículo se deu em razão do vínculo afetivo que eles tiveram. E quando ela comprou este veículo dele, ele veio com vários defeitos. Em razão dos valores que ela teve que gastar, o combinado seria de abater. Então, não seria preciso repassar nenhum valor a mais para ele”, disse o advogado ao portal.

Após as agressões, o homem deixou o local. Segundo Louredo, a Polícia Militar foi acionada, mas não conseguiu encontrá-lo. Como a delegacia da cidade está fechada por causa do feriado prolongado, um boletim de ocorrências será registrado na manhã de segunda-feira (27).



Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.