Últimas

Wilson Lima certifica profissionais de educação e encerra temporada 2021 do 'Trilhas do Saber'

Tefé, Tabatinga, Manacapuru, Rio Preto da Eva, Caapiranga, Parintins, Codajás, Careiro da Várzea, Carauari, Anamã, São Paulo de Olivença, Borba, Nhamundá e Humaitá. Esse foi o percurso realizado pelo "Trilhas do Saber", encerrado nesta sexta-feira (10/12), pelo governador Wilson Lima, com a entrega de certificados a profissionais da educação da calha do rio Madeira.


O "Trilhas do Saber" é um dos 13 projetos prioritários do programa Educa+Amazonas, executado pela Secretaria de Estado de Educação e Desporto, com investimentos de R$ 400 milhões em ações voltadas a estudantes e trabalhadores da educação das redes estadual e municipais de ensino do estado.

“É a certeza de que o estado está no caminho certo para atender os segmentos que mais necessitam. Segmentos fundamentais como é o caso do da educação, a valorização do profissional da educação. E isso acontece no momento em que a gente qualificar e requalificar esse profissional”, destacou o governador Wilson Lima, durante o encerramento do projeto.

A gestora Nelma Freire, da Escola Estadual Osvaldo Cruz, em Humaitá, recebeu o certificado das mãos do governador. Para ela, as palestras, oficinas e minicursos ofertados na formação são importantes para o dia a dia nas escolas.

"O interior precisa dessas formações. A gente está passando pela implantação do Novo Ensino Médio e esperamos um olhar com mais carinho pelo interior. Eu estou aprendendo muito e, com certeza, vou levar para a escola uma administração mais democrática", frisa a gestora.

Além de Nelma, mais de 800 profissionais da educação municipal e estadual participaram das duas últimas formações do "Trilhas do Saber", que foram encerradas, simultaneamente, em Nhamundá e Humaitá. Foram 14 cidades visitadas desde agosto, quando o projeto começou a percorrer o Amazonas.

Novos itinerários - Em 2022, o "Trilhas do Saber" voltar a percorrer o interior do estado. As atividades de formação são realizadas por profisionais do Centro de Formação Profissional Padre José Anchieta (Cepan) e do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam).

Serão percursos mensais, com previsão de iniciar por São Gabriel da Cachoeira.

Foto: Lucas Silva/Secom

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.