Últimas

Governo do Estado disponibiliza canal de atendimento para beneficiários do Auxílio Estadual permanente

O Governo do Estado está disponibilizando um call center para atendimento de demandas envolvendo o cartão Auxílio Estadual permanente. A distribuição do benefício para famílias remanescentes foi retomada, nesta semana, na capital e nos 61 municípios do interior.

O número para contato para tirar dúvidas relacionadas ao cartão é o 0800-740-7444.


Por meio do atendimento, a pessoa pode verificar se possui direito ao benefício, saber quais os pontos de retirada do cartão e os documentos necessários quando for ao local, entre outras questões.

O call center ficará disponível de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Além do canal de atendimento, a população já dispõe do site www.auxilio.am.gov.br para conferir se possui acesso à ajuda financeira, informando o CPF e a data de nascimento.

Nova etapa – O Governo do Estado retomou, nesta segunda-feira (10/01), a distribuição do Auxílio Estadual permanente para beneficiários remanescentes, ou seja, que ainda não haviam retirado o cartão. O trabalho das equipes recomeça na capital e no interior do Amazonas, buscando alcançar as 300 mil famílias catalogadas para receber ajuda financeira. O prazo é até o dia 28 de fevereiro.

De acordo com a Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas), o objetivo é entregar cerca de 28 mil cartões restantes, sendo 16 mil na capital e 12 mil nos 61 municípios do interior.

Na capital, um ponto fixo de retirada foi montado no Centro Estadual de Convivência do Idoso (Ceci), localizado na rua Wilkens de Matos, bairro Aparecida, zona sul de Manaus. Equipes da Seas ficarão no local de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h, até o último dia das entregas.

No interior será instalado um posto fixo com um funcionário da empresa Avancard – empresa fabricante do cartão – para os beneficiários realizarem a retirada. A estratégia poderá ser ampliada tendo a participação de órgãos de atuação em cada cidade ou prefeituras municipais, tendo em vista a logística de áreas mais afastadas em determinados municípios.

Criado pelo governador Wilson Lima, o auxílio, que agora é permanente, é considerado o maior programa de transferência de renda da história do Amazonas e garante segurança alimentar da população em situação de pobreza e extrema pobreza. Além de assegurar a dignidade de quem mais precisa, o programa impulsiona o aquecimento econômico.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.