Últimas

Klinger ‘Do Boxe’ é preso após sequestrar filhos de empresário em Manaus

Manaus – Nesta quarta-feira (12), dois homens, tendo eles 26 e 35 anos, foram sequestrados no bairro Lírio do Vale, zona Oeste da capital. Eles são filhos de um empresário do ramo de sofás e foram feitos reféns por quatro bandidos, sendo um deles o lutador de boxe Klinger Pinheiro Ferreira, que é bastante conhecido em Manaus.

Amazonense Klinger do Boxe luta Shooto dia 13 e mira cinturão dos moscas |  | Emanuel Sports

Conforme o pai das vítimas, o caso ocorreu após os criminosos se passarem por clientes, solicitando a entrega de um sofá no bairro onde ocorreu o crime.

Trabalhando na empresa do pai, os filhos levaram a encomenda até o local de destino, junto do irmão de 22 anos. Fortemente armados, os bandidos anunciaram o sequestro e levaram os dois filhos mais velhos do empresário, poupando o mais jovem, que é portador de síndrome de Down.

De acordo com relatos dos policiais da Rocam, as vítimas foram levadas para um cativeiro no bairro Tarumã, na zona Oeste de Manaus. Em seguida, conseguiram fugir dos sequestradores através de um matagal no bairro, acionando a polícia em seguida.

Após receberem a denúncia, equipes policiais montaram um cerco no local e conseguiram prender dois dos quatro dos sequestradores, sendo um deles o lutador Klinger e seu comparsa  Sandro Assam Salazar. Os outros dois conseguiram fugir do local.

 

O carro usado pelos sequestradores, modelo Onix e cor branca, foi apreendido no local do cativeiro. Segundo a polícia, as vítimas também foram forçadas a fazer transferências bancárias, o valor total do prejuízo ainda está sendo apurado. Segundo o pai das vítimas, cerca de R$ 20 mil chegaram a ser transferidos para os sequestradores.

As vítimas sofreram tortura nas mãos dos criminosos. Elas foram amarradas e tiveram as mãos mutiladas pelos sequestradores.

Veja: 



Fonte: PORTAL CM7 
Matéria: https://portalcm7.com/noticias/policia/klinger-do-boxe-e-preso-apos-sequestrar-filhos-de-empresario-em-manaus/


Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.