Últimas

Mulher é achada morta e nua dentro do guarda-roupas de vizinho. Polícia suspeita que ela foi estuprada antes de ser morta

Uma mulher de 51 anos, identificada como Ângela Maria Silva Duarte, foi encontrada morta dentro de um guarda-roupas de um vizinho em Ji-Paraná (RO), a 375 quilômetros de Porto Velho, na tarde de quinta-feira (6). Ângela foi achada nua e em seu corpo havia sinais de asfixia.

 

Segundo a delegacia de Polícia Civil, a mulher estava desaparecida desde a quarta-feira (5), e familiares estavam buscando por notícias sobre seu paradeiro.

 

Na última quinta-feira, os parentes de Ângela foram até a casa de um vizinho, que havia sido contratado pela mulher no início da semana para reformar alguns móveis, no bairro Greenvile.


Ao adentrarem no imóvel da casa, que estava vazia, os familiares passaram a procurar vestígios de Ângela. Ao abrirem um guarda-roupas, eles encontraram o corpo da mulher.

 

Segundo a Polícia Civil, a vítima foi encontrada sem as roupas íntimas, com lesões aparentes e que os indícios até o momento indicam para uma morte por asfixia.

 

O morador da casa onde Ângela foi encontrada é o principal suspeito do assassinato. A polícia já sabe que esse vizinho da vítima estava realizando um trabalho na casa de Ângela.

 

No entanto, após matar a vítima, o homem fugiu para Mato Grosso, onde supostamente trabalha em uma fazenda.

 

A polícia deve realizar exames periciais para confirmar se mulher foi vítima de estupro e segue com a investigação para comprovar a autoria do crime.

 

Fonte: G1

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.