Últimas

Secretaria de Cultura e Economia Criativa auxiliou mais de 27 mil pessoas com Canal de Atendimento

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, atendeu 27.924 pessoas em 2021, por meio do Canal de Atendimento, criado para dar suporte a artistas, produtores culturais e profissionais que compõem a cadeia produtiva do Estado, no período de isolamento social e enfrentamento da Covid-19.


Entre as principais demandas apresentadas pela classe artística estão solicitações de cestas básicas, atendimento psicológico, auxílio emergencial, informações sobre editais de fomento, Lei Aldir Blanc, Cadastro Estadual de Cultura, credenciamento de artistas na Agência Amazonense de Desenvolvimento Cultural (AADC), contratações e cachês artísticos, programação dos espaços culturais e programação natalina.

O secretário Marcos Apolo Muniz destaca que o canal foi criado em 2020, para apoiar artistas e demais profissionais criativos no período de isolamento social e enfrentamento da Covid-19. Segundo ele, desde então, a pasta também precisou se adaptar em diferentes canais de comunicação para atender ao máximo de artistas, especialmente os que estavam em situação de vulnerabilidade.

“O Canal de Atendimento marca uma nova fase da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, quando ampliamos os serviços oferecidos. Trabalhamos em várias frentes para oferecer ferramentas e suporte conforme a diversidade de perfis e estar mais próximos desse público”, comentou o titular da pasta.

O serviço está disponível de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, pelos contatos atendimento@cultura.am.gov.br e 98414-6251, 99158-2802, 99177-6442 e 3232-5555, além do Portal da Cultura (cultura.am.gov.br) e redes sociais da Cultura (@culturadoam).

FOTO: Bianca Reis/Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.