Amazonas entrará no grupo de Estados que já se libertaram do uso de máscaras; confira lista

 Brasil – O Amazonas está perto de entrar na lista dos Estados brasileiros que já flexibilizaram o uso de máscaras em todos os ambientes.Amazonas entrará na lista de Estados que já se libertaram do uso de máscaras; confira


Oito unidades da Federação já tornaram as máscaras opcionais em locais abertos e fechados: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Santa Catarina, Rondônia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Alagoas. O uso segue necessário nos ambientes internos de 6 Estados (Paraná, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Ceará e Acre).

Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás e Maranhão determinaram critérios para permitir que os municípios desobriguem a proteção.

Amazonas

O governador do Amazonas Wilson Lima (União Brasil) recentemente divulgou um vídeo em suas redes sociais afirmando que a desobrigação do uso de máscaras em todo o Amazonas está próxima. O anúncio foi nesta quarta-feira (23/2), em suas redes sociais. O governador se reuniu com o Comitê de Enfrentamento à Covid-19 que analisou o cenário queda drástica no número de caso por Covid. Um novo decreto deverá ser publicado nas próximas horas com a decisão.

A recomendação quanto ao uso de máscaras deverá permanecer para pessoas acima de 70 anos de idade e para quem não está vacinado ou tem vacinas em atraso.

Depoimentos

Alessandra Souza contou ao CM7 Brasil que não via a hora de deixar de usar máscara “Acredito, que já esteja na hora de parar de usar as máscaras, é muito difícil, ainda mais no nosso Estado que é muito quente, a máscara sufoca” conta. Com Patrícia Moraes a situação é diferente: “Eu continuo utilizando por precaução, por que eu não sei se a outra pessoa está com vírus ou não”.

Cenário

De acordo com o Boletim Epidemiológico da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), entre os dias 18 a 21 de março o Amazonas não apresentou nenhuma morte pelo vírus e o número de casos também tem reduzido drasticamente. Na última terça-feira (22/3), apenas 155 casos foram registrados em todo o Amazonas e uma média da semana de 222 casos.

São Paulo

O governo de São Paulo flexibilizou o uso de máscaras mas ainda mantém a determinação em transportes públicos e seus respectivos locais de acesso, como estações de Metrô e nos locais destinados à prestação de serviços de saúde. Tornando-se opcional em ambientes como escritórios, comércios, salas de aula, academias, entre outros.

Confusão em Táxis e aplicativos de motoristas

Contudo nesta semana, uma confusão repercutiu entre os usuários de taxi e aplicativos a exigir o uso da máscara durante todo o percurso da corrida. Vários internautas publicaram em redes sociais a falta de conscientização dos motoristas de aplicativos, que não fazem o uso da máscara.

Diante dos fatos, após serem marcadas em mensagens de internautas, as empresas Uber e 99 emitiram nota: “De acordo com a empresa, caso o motorista não esteja usando máscara, o passageiro poderá cancelar a corrida e que está avaliando as mudanças necessárias, pois manterá a obrigatoriedade do uso de máscaras para motoristas e passageiros”. A Uber também respondeu a postagem ressaltando “Todos precisam usar a máscara durante a corrida e que os protocolos de segurança, com o uso de máscara e álcool em gel, continuam a valer para motoristas e usuários.

Fonte: Portal CM7 

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem