Carol Braz e Luiz Castro visitam Tefé

A pré-candidata ao Governo do Amazonas, defensora Carol Braz e o pré-candidato ao Senado da república, Luiz Castro dedicaram o fim de semana à primeira viagem após o lançamento oficial das pré-candidaturas ocorrido na ultima quinta-feira em Manaus e o primeiro municipio foi Tefé, na calha do Rio Solimões, distante de Manaus 522km em linha reta.


Os pré-candidatos consideram a agenda extremamente rica às necessidades do povo tefeense que estarão presentes nas propostas do plano de governo fundamentado no que o povo mais necessita. 

“É revoltante constatar um problema que maltrata nosso povo em praticamente todos os municípios do Amazonas, no quesito infraestrutura, apesar de abrigar milhares de famílias, a estrada da Emade na zona rural há muito tempo sofre com a falta de pavimentação e ao invés de asfalto digno que garantiria a mobilidade e principalmente o escoamento da produção, nossos irmãos em comunidades que sobrevivem da agricultura familiar sofrem diante da falta de uma estrada asfaltada", disse a pré-candidata ao Governo, Carol Braz.

Carol também continuará com agenda movimentada na capital e interior para apresentar as propostas de uma opção diferente para o estado. "Além disso, temos muito trabalho pela frente, mas não nos falta fé e disposição para apresentar um novo caminho aos nossos irmãos de todo o Amazonas nos setores da saúde, assistencia social, pessoas com deficiência, juventude, agricultura e oportunidade de emprego”, afirma Carol Braz.

Deputado estadual por cinco mandatos e mais dois como Prefeito de Envira, Luiz Castro disse que 

“Essa viagem foi o início muito promissor de uma semeadura de transformação política em nosso estado, nós iniciamos com humildade, dando passos firmes no chão, contactando pessoas que são de boa fé e de boa índole que querem e desejam uma mudança verdadeira em nosso estado. Iniciamos a primeira viagem em conjunta, eu como pré-candidato ao Senado, a Carol como pré-candidata ao Governo do estado, a gente vem descontinando com humildade, com serenidade, com firmeza para nos colocarmos à disposição daquelas pessoas que querem realmente essa mudança, por que elas são a maioria, uma grande maioria silenciosa e cabe a nós chegar até essas pessoas e mostrar pra elas que elas não devem perder a esperança e que a esperança tem que resistir, e ela tem que se afirmar nas próximas eleições".

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem