Casarão da Inovação Cassina sedia mais um evento importante sobre Educação

O Casarão da Inovação Cassina, administrado pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi), em apoio à comunidade Educadores Inovadores da Amazônia (EduInovAM), vai sediar, na última quarta-feira do mês de março, 30, às 19h, um encontro para debater o tema “Transformação Digital na Educação”.


O evento está na sua 24ª edição e tem por objetivo discutir o tema votado pela própria comunidade de forma dinâmica, tanto com os facilitadores quanto com o público presencial. O debate também vai contar com a presença de educadores que dominam o assunto, para abordar sobre suas óticas nos ensinos superior, básico e profissional.

Com duração de duas horas, direito a certificado e inscrições limitadas, o encontro tem inscrição no link https://www.even3.com.br/24eduinovam/.

De acordo com o gestor do Casarão, Fábio Araújo, a importância do apoio da Prefeitura de Manaus, via Semtepi, a eventos como este, merece destaque.

“O Casarão da Inovação Cassina está sempre de portas abertas para apoiar, fomentar e incentivar ações que tenham na sua base o empreendedorismo e a inovação. Não seria diferente com a comunidade EduInovAM”, salienta.

Segundo o organizador do evento, Reinier Freitas, a expectativa é poder trazer conversas dessa temática para o conhecimento do público em relação às mudanças na educação.

“Em 2022 o projeto completa cinco anos de atividades ininterruptas, seja presencial, virtual ou com a atual tendência de ações híbridas como aconteceu na pandemia. Estamos voltando com tudo em um dos espaços de inovação mais requisitados e de melhor infraestrutura, que é o Casarão da Inovação Cassina, da Semtepi. Contamos com a presença de todos e vamos juntos inovar a educação na Amazônia”, ressalta.

Comunidade

O EduInovAM é uma comunidade com a missão de conectar e engajar pessoas para fortalecer mestres e ajudá-los a inovar as práticas educacionais na Amazônia. Após dois anos de pandemia, o projeto retorna 100% presencial com todos os protocolos previstos como máscaras, álcool em gel e vacinação em dia.

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem