‘CNH na Escola’: projeto-piloto do Governo do Amazonas representa oportunidade para estudantes de baixa renda

O Governo do Amazonas, por meio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM) deu início, nesta semana, ao projeto “CNH na Escola”, que integra o programa “Detran Cidadão”. A iniciativa facilitará o acesso dos estudantes da rede estadual às aulas de Legislação de Trânsito, uma das etapas obrigatórias para a aquisição da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), ao mesmo tempo em que proporcionará economia de R$ 500.


O projeto é uma parceria com a Secretaria de Estado de Educação e Desporto e começa por cinco unidades da capital. A iniciativa conta com carga horária maior que as apresentadas nas autoescolas e é voltada aos alunos das 2ª e 3ª séries do Ensino Médio. A aula inaugural do “CNH na Escola” ocorreu, nesta segunda-feira (21/03), com estudantes do Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti) Áurea Pinheiro Braga, zona oeste de Manaus.

“Este é um sonho do governador Wilson Lima, é um projeto para o futuro, uma iniciativa que vai facilitar o acesso ao mercado de trabalho, pois vai oportunizar aos estudantes a formação da primeira etapa do processo da habilitação sem qualquer custo aos alunos”, disse Kuka Chaves, secretária de Estado de Educação e Desporto.

Aluno da 2ª série do Ensino Médio, do Ceti Áurea Pinheiro Braga, Simon Cardoso, de 17 anos, contou que está ansioso para iniciar as aulas de legislação.

“Estou com uma expectativa enorme, porque é uma coisa que eu já queria fazer, e realmente pensava que eu só conseguiria iniciar o processo depois de terminar o Ensino Médio ou de ter a minha vida estabilizada, pois é uma coisa que toma tempo e dinheiro. Então, estou muito feliz de participar desse programa”, afirmou Simon.

Contraturno – As aulas do projeto “CNH na Escola” acontecerão durante o contraturno. Ao final, o aluno, se já tiver 18 anos e concluído o programa, poderá procurar o Detran-AM para realizar a prova teórica. Caso aprovado, ele está apto a se matricular em uma autoescola para realizar a parte prática de direção do curso de formação de condutor.

A estudante Manuella Siqueira, 16, acredita que o benefício irá fazer a diferença na vida de muitos jovens. “Estou muito feliz de estar participando do lançamento dessa parceria, que vai ajudar os alunos que não têm a possibilidade de custear o processo de habilitação, que tem custos altíssimos. Eu e meus amigos já combinamos, vamos todos participar”, finalizou Manuella.

‘Educar para o Trânsito’ – Além do “CNH na Escola”, o Detran e a Secretaria de Educação vão implantar, nas escolas estaduais de Ensino Fundamental selecionadas, o projeto “Educar para o Trânsito”. Os temas de educação de trânsito serão abordados dentro das disciplinas já ministradas. O Detran-AM vai capacitar professores da rede estadual para ministrar esse conteúdo.

Cinco escolas participam do projeto, também de forma piloto. São elas: as escolas estaduais Irmã Gabrielle Cogels, no bairro Puraquequara; Áurea Braga, no Gilberto Mestrinho; Antônio Maurity, no Coroado; e Manuel Rodrigues, no Armando Mendes; além do Ceti Elisa Bessa, no Jorge Teixeira. Todas as unidades ficam situadas na zona leste de Manaus.

FOTOS: Euzivaldo Queiroz/Seduc-AM

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem