Com o apoio do Paredão, PMAM recupera dois veículos em Manaus

Policiais militares da Força Tática (FT) e da 13ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) recuperaram, na quarta-feira (23/03), dois veículos com restrição de roubo, nas zonas centro-sul e norte da capital.


Nas ocorrências, três homens, de 20, 26 e 27 anos, foram detidos. Os casos contaram com o sistema de monitoramento Paredão, lançado pelo Governo do Estado em julho do ano passado.

Por volta das 12h20, a equipe do FT recebeu informações do Centro de Comunicações Operacionais Policiais Militares (Cecopom) sobre um veículo com restrição de roubo que estava trafegando pela avenida Djalma Batista. Ao visualizar a Toyota Hilux, de cor preta e placa OAD-7823, a guarnição emitiu ordem de parada, com sinais sonoros e luminosos, que não foram atendidos.

Fugindo da abordagem, o condutor colidiu com o veículo no muro de uma residência na rua Senador Cândido, no bairro União. Na sequência, saiu do carro e efetuou disparos contra os policiais. O homem, de 27 anos, acabou alvejado, sendo prontamente socorrido e levado ao Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, mas não resistiu aos ferimentos.

Foram apreendidas na ação uma pistola PT 100, calibre .40 e seis munições. A ocorrência foi registrada no 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

À tarde, os policiais da 13ª Cicom também foram acionados pelo Cecopom, que, por meio das câmeras do Paredão, localizou o veículo Ford Ka de placa QXJ-9G48, com restrição de roubo, no bairro Cidade de Deus, zona norte.

Segundo relatos, os dois ocupantes do carro estariam fazendo arrastões pelas proximidades. Após buscas, a guarnição se deparou com o veículo e efetuou abordagem, na qual foram apreendidos um simulacro tipo pistola; cinco celulares, sendo dois Samsung, um LG, um iPhone e um Motorola; um cordão; dois relógios; uma máquina de cartão de crédito; e uma carteira. O caso foi encaminhado ao 6º DIP.

Denúncias – A Polícia Militar orienta à população que informe imediatamente ao tomar conhecimento de ações criminosas, por meio do disque-denúncia 181, ou do 190.

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem