Pelo menos 7 marcas interrompem patrocínio a canal de Gabriel Monteiro

Marcas interromperam patrocínios em vídeos do vereador Gabriel Monteiro (sem partido) após denúncias feitas por ex-funcionários do parlamentar por abuso moral e sexual, além de exploração infantil para autopromoção.



Ao todo, o ex-PM reúne 21 milhões de seguidores em suas redes sociais. A estimativa de um especialista é que fature entre R$ 60 mil e 240 mil com vídeos do YouTube.

Empresas como a Buser, Shopee e Nubank, além de outras quatro marcas, já se pronunciaram. Nas redes sociais, a Buser disse: “Estamos cientes do ocorrido, nosso time já excluiu o canal da nossa lista de anúncios, e juntos com nosso time responsável vamos atualizar a lista de contas de acordo com nossa conduta”.

Fonte: Metrópoles 

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem