Prefeitura realiza mobilização do programa ‘Educação Empreendedora’ em parceria com o Sebrae-AM

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-AM), realizou, nesta terça-feira, 15/3, uma mobilização para o desenvolvimento do projeto “Educação Empreendedora” nas escolas da rede municipal de ensino.


O programa tem a finalidade de oferecer aos alunos experiências sobre a prática do empreendedorismo, a fim de que desenvolvam habilidades, comportamentos e o trabalho em equipe como estratégia de aprendizagem. O encontro ocorreu na sede do Sebrae-AM, no Centro.

O projeto envolverá aproximadamente 750 professores e 15 mil estudantes da rede municipal de ensino, do 1° ao 9° ano. Uma das ações a serem realizadas será a de desenvolver três projetos de Educação Financeira, desde os anos iniciais, como estratégia fundamental do desenvolvimento econômico do empreendedorismo, da relação de renda e da empregabilidade, estabelecida pelo plano de governo municipal do prefeito David Almeida.

De acordo com o subsecretário de Administração e Finanças da Semed, Lourival Praia, 24 escolas serão atendidas pelo programa. “Nesse momento em que a economia mundial se modifica, precisamos adaptar e atualizar o processo pedagógico. Esse projeto vem acrescentar no desenvolvimento da aprendizagem e despertar o espírito empreendedor dos nossos jovens alunos, para se adaptar à nova realidade da economia”, pontuou.

Para o professor Evaldo Bezerra, diretor do Departamento de Gestão Educacional (Dege), essa parceria entre Semed e Sebrae-AM irá potencializar o ensino e a aprendizagem nas escolas.

“Essa é mais uma ferramenta que a Semed está colocando diante das nossas escolas para atendimento dos nossos alunos e professores. Hoje, sabemos que o empreendedorismo é fundamental dentro da gestão educacional. Nesse processo, haverá também a distribuição de material de apoio para os nossos alunos participantes para que eles possam compreender melhor sobre essa temática”, explicou

A diretora técnica do Sebrae-AM, Adrianne Antony Gonçalves, comentou sobre as expectativas do programa. “Estamos acreditando firmemente na liberdade de cada um e no poder transformador que essa pessoa tem na vida, porque quem empreende faz isso porque tem uma esperança e acredita no futuro. Então essa crença precisa ser fortalecida entre a iniciativa privada, que somos nós, Sebrae, e o poder público, amparado pela Semed na educação e acreditamos que faremos algo muito importante para a nossa sociedade”, salientou.

Formação

Na ocasião, houve a palestra aos professores sobre a importância da “Educação Empreendedora na Educação Básica”, conduzida pela instrutora do Sebrae-AM, Alessandra Moreno, que ressaltou sobre a aplicabilidade dessa temática.

“A educação empreendedora tem sua importância no contexto das competências socioeducacionais, voltada, principalmente ao papel do professor, do desempenho do aluno. Desse modo, eles se tornarão multiplicadores do empreendedorismo dentro da escola”, enfatizou.

Cronograma

As atividades do programa seguirão as seguintes etapas: capacitação on-line, com início no dia 21/3 e término em 6/5, sendo promovido pelo Sebrae-AM, envolvendo os professores das escolas selecionadas; disseminação nas salas de aula pelos professores entre 9/5 e 30/8; feira do Empreendedorismo no mês de setembro; premiação às escolas destaques em outubro.

Fotos - Ricardo Ramos/ Semed

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem