Sedecti realiza Oficina de Socialização do Projeto Numai em São Gabriel da Cachoeira

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), por meio do Núcleo de Desenvolvimento e Integração da Faixa de Fronteira do Estado do Amazonas (Niffam), realizou neste mês, em São Gabriel da Cachoeira (a 852 quilômetros de Manaus), a Oficina de Socialização do Projeto Núcleo de Inovação Municipal (Numai). A ação foi em conjunto com o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), Instituto Federal do Amazonas (Ifam) e Universidade do Estado do Amazonas (UEA).


A oficina, promovida no período de 8 a 11 de março de 2022, é referente ao Termo de Execução Descentralizada (TED) aprovado no dia 14 de setembro de 2021 pelo MDR, como primeiro instrumento do Programa de Fortalecimento das Capacidades Governativas dos Entes Subnacionais (PFCG) e do Programa Fronteira Integrada (PFI).

A programação da oficina abrangeu atividades no auditório do Ifam de São Gabriel, com a participação de 70 pessoas de diversas instituições da administração municipal e organizações da sociedade civil e do terceiro setor.

A equipe da Sedecti, coordenada pela secretária executiva de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Tatiana Schor, juntamente com representantes do MDR e Ifam, fizeram apresentações sobre o projeto Numai.

“A ação em São Gabriel da Cachoeira foi única, pois estavam presentes as três esferas de governo (federal, estadual, municipal), os diversos atores locais representantes das cinco hélices (academia, governo, setor privado, associações e cooperativas e terceiro setor e fundos de investimento). Essa foi a primeira oficina de mobilização local para a construção da governança do Núcleo de Inovação no município”, destacou Tatiana Schor.

A secretária executiva frisou que foram debatidos temas propostos no Numai que são: políticas de fronteira, espaços públicos, patrimônio e resíduos sólidos. “Esta ação é resultado de uma parceria com o MDR, Ifam, UEA e a Sedecti por meio da Secti, que se fortaleceu pela Rede Rhisa, plataforma de articulação coordenada pela Secti”, acrescentou.

Na ocasião, também foram apresentadas ações e programas vinculados, além de escutas ativas temáticas relacionadas aos quatro eixos do projeto.

Visitas técnicas – Além da Oficina, as equipes realizaram visitas técnicas na sede do Instituto Sócio Ambiental (ISA), no Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI), Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro (Foirn), no intuito de alinhar as ações das instituições ao Numai. Foi realizado ainda um tour pelos principais espaços públicos do município.

Também foi realizada uma visita técnica ao lixão de São Gabriel da Cachoeira e à Cooperativa de Catadores Ekatina. A visita à Fazenda Esperança possibilitou conhecer o projeto de extensão de horto de plantas medicinais que é desenvolvido pelo Ifam naquele local.

Atendendo ao convite da Associação dos Artesãos Indígenas da Comunidade do Areal, a equipe técnica também pôde conhecer o potencial e as demandas dos artesãos locais.

PPA de São Gabriel – Ainda na agenda das visitas técnicas, foi realizada uma agenda com a Prefeitura de São Gabriel da Cachoeira com o objetivo de apresentar a proposta de revisão do Plano Plurianual (PPA) municipal, visando o alinhamento com o PPA estadual, inclusão de ações referente à bioeconomia e alinhados aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização da Nações Unidas (ONU), que faz parte da Agenda 2030.

A ação possibilitou a comunicação e alinhamento de ações entre os entes governamentais nas esferas municipal, estadual e federal, junto às organizações de base e do terceiro setor, demonstrando o objetivo do Numai em São Gabriel da Cachoeira.

FOTOS: Divulgação/Sedecti

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem