VEJA VÍDEO: Ainda réu no escândalo dos respiradores, Governador Wilson Lima desobriga o uso de máscaras

DA REDAÇÃO BLITZ AMAZÔNICO

Preocupado com sua popularidade em ano eleitoral, o governador do Amazonas, Wilson Lima (União Brasil), anunciou, nesta quarta-feira (23), a liberação do uso da máscara em todo o estado.


O chefe do executivo estadual, gravou um vídeo em sua página no Instagram para anunciar essa flexibilização. 

“Hoje, o Estado está recomendando a desobrigação do uso de máscara em todo o Amazonas. Isso é possível em razão da diminuição dos casos de internações, dos casos de óbitos e também dos casos confirmados do vírus. É importante que as pessoas continuem se vacinando porque ela é a arma mais poderosa que a gente tem contra a Covid-19”, disse.

Vale lembrar que o mandatário já havia desobrigado o uso do equipamento apenas em locais abertos no último dia 11 deste mês. 

 Na oportunidade, Wilson Lima revelou que em 20 dias, ou seja, final de março, o governo estadual decidiria sobre “a possibilidade de desobrigar o uso de máscara no Estado do Amazonas”, incluindo os ambientes fechados.

Ainda paira sobre o governador Wilson Lima a suspeição no envolvimento na compra de respiradores em lojas de vinho. 

No início do mês, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou os recursos dos advogados de defesa do governador do Amazonas, Wilson Lima, do vice-governador Carlos Almeida Filho, e ex-funcionários públicos e empresários suspeitos de envolvimento no escândalo investigado pela PF na “Operação Sangria”.

Após três anos, sentado na cobiçada cadeira no Palácio do Governo, somente agora o governador Wilson Lima tem adotado medidas para impulsionar a economia nas principais cidades do estado do Amazonas.

Para agradar os deputados estaduais e exercer influência na Assembleia Legislativa, o representante estadual do União Brasil optou em destinar o dinheiro do Fundo de Fomento ao Turismo, Infraestrutura, Serviço e Interiorização do Desenvolvimento do Amazonas, o chamado FTI, para bancar as emendas parlamentares dos de deputados aliados.

Esse agrado do governador aos deputados estaduais tira dos municípios os recursos que foram repassados no auge da pandemia investidos na saúde e bem-estar da população manauara.



Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem