VEJA VÍDEOS: Ambulante mata mulher com facada no pescoço após discussão em ônibus

Uma mulher identificada como Samantha Mantovani Muniz, 35, morreu após levar uma facada no pescoço, desferida por um ambulante, enquanto tentava separar uma briga dentro de um ônibus do transporte coletivo de Curitiba.


O crime foi registrado na linha Centenário/Campo Comprido, no bairro Mossunguê, na tarde de hoje, em Curitiba (PR).

A vítima tentou evitar uma discussão entre um vendedor ambulante e um passageiro que estavam dentro do veículo. A briga teria começado por causa de um doce. As informações são da UOL.


“É um caso gravíssimo e tudo indica que a briga entre essas duas pessoas foi por motivo fútil. Um ambulante que vende produtos dentro de ônibus brigou com uma terceira pessoa por causa de uma cocada. Esse vendedor estava com uma pequena faca e acabou agredindo e matando a vítima que não tinha nada a ver com a discussão e tentou aliviar os ânimos”, diz ao UOL o delegado Tito Barichello, responsável pelas investigações.

“Já temos a informação que o suspeito sempre faz esse trajeto vendendo cocada. As imagens de câmeras de segurança vão ajudar a elucidar esse crime o mais rápido possível. Qualquer informação, em forma de denúncia, colabora com as nossas investigações”, afirma o delegado.

Segundo o G1, o homem foi identificado, pela PC-PR, como Wesllen Vitorino de Araújo Silva, de 23 anos, e ele está em liberdade provisória por ter matado outra pessoa, também em Curitiba, em setembro de 2021. Segundo a polícia, por este crime, ele ficou 20 dias preso.

O delegado Thiago Nóbrega, da Delegacia de Homicídios, disse nesta sexta-feira (25) que um mandado de prisão foi expedido contra o suspeito. Afirmou, também, que ele permanece foragido.

Samantha foi atingida no pescoço e morreu dentro do coletivo. A terceira pessoa não ficou ferida. Já o suspeito conseguiu fugir e ainda não foi localizado.



Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem