Brasileira morre baleada pelo próprio filho nos Estados Unidos

A brasileira Adriana Ohlson, de 49 anos, foi assassinada pelo próprio filho, David Allan Ohlson, de 18 anos, com um tiro de espingarda no abdômen, na cidade de Pensacola, Flórida, nos Estados Unidos. O rapaz, que se diz inocente, foi preso sem direito a fiança. 




O jovem David se declarou inocente da acusação de assassinato em segundo grau com arma de fogo, nessa quinta-feira (28/4). Contudo, segundo a imprensa da Flórida, o suspeito admitiu em depoimento à polícia ter atirado contra a mãe no começo deste mês (8/4) na casa da família.

“De todas as pessoas que ele planejava atirar, ele não esperava que sua mãe fosse uma delas”, teria dito o suspeito durante o interrogatório, segundo afirma o xerife do condado de Escambia.


Fonte: Metrópoles

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem