Carol Braz cobra do Governador uma defesa mais forte da ZFM

"São milhares de empregos em risco. É muita maldade com o povo do Amazonas", diz a pré-candidata ao Governo do Estado.


A defensora pública e pré-candidata ao governo do Amazonas pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT), Carol Braz utilizou as redes sociais para cobrar do governador do Amazonas, Wilson Lima, uma postura mais incisiva e eficiente ao negociar com o governo federal a manutenção das vantagens tributárias competitivas da Zona Franca de Manaus (ZFM).

O Decreto nº 11.052, publicado no último dia 28, alterou as alíquotas do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). O setor mais afetado foi o de concentrados para bebidas, que foi isentado do recolhimento do tributo em todo o país. 

Com a medida, empresas que geram empregos tanto na capital quanto no interior do Amazonas, como em municípios como Maués e Presidente Figueiredo, podem deixar o estado, aumentando o número de desempregados.

No vídeo, a pré-candidata atribuiu à irresponsabilidade o fato do governador do Amazonas ser lento quanto a tomada de decisões. 

O primeiro Decreto nº 10.979/22, que reduz a alíquota do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) em até 25%, foi assinado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), em 25 de fevereiro deste ano, mas somente no dia 22 deste mês, o governo do Amazonas ajuizou uma ADI (Ação Direta de Inconstitucionalidade) no Supremo Tribunal Federal (STF).

“Um dia depois de o governador anunciar na rede social, que ele esteve em Brasília, conversando com o presidente pra solucionar a questão do IPI, que prejudicou a nossa Zona Franca de Manaus, a gente recebe um novo decreto do presidente. Dessa vez, zerando a alíquota sobre concentrados não-alcoólicos, ou seja, mais uma vez atingindo a Zona Franca de Manaus. O que o governador foi resolver com o presidente? Será que a gente ta sendo representado por alguém que não tem capacidade de defender os nossos interesses? Já chega de tanta irresponsabilidade, falta de habilidade e incompetência pra solucionar os problemas e resolver o emprego do nosso povo do Amazonas. Por isso, que eu sou pré-candidata ao Governo do Estado, para que nós consigamos efetivamente defender os nossos empregos e gerar renda pro nosso povo”, afirmou Carol Braz.

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem