Detenta trans engravida duas mulheres em presídio

Detentas trans devem ficar presas no mesmo local que as demais ? O fato ocorrido em prisão de Nova Jersey, nos Estados Unidos, pode reacender este debate.




No presídio estadual feminino Edna Mahan Correctional Facility, duas detentas engravidaram de uma presidiária trans.A informação consta em relatório prisional que foi divulgado nesta quinta-feira (14).

O conceituado jornal New York Post deu detalhes do ocorrido. As detentas confinadas no presídio Edna Mahan mantiveram relações íntimas com a prisioneira transexual e engravidaram.

As identidades das três detentas envolvidas na situação que está repercutindo nos Estados Unidos não foram reveladas. O episódio está chamando a atenção e acendendo o debate sobre a presença de prisioneiras trans nas cadeias femininas nos Estados Unidos. Em Nova Jersey, há lei específica sobre a situação.


Lei de Nova Jersey mudou no ano passado

Nova Jersey permite mulheres trans e cis juntas em cadeias femininas desde o ano passado. As detentas do estado americano podem cumprir pena em locais que estejam de acordo com a identidade de gênero. Portanto, mulheres trans ficam detidas juntas com mulheres cis, no mesmo pavilhão ou mesma cela, sem problemas.

A mudança aconteceu depois que uma detenta trans processou o estado. Ela conta que viveu 18 anos detida em presídios masculinos. Devido ao ocorrido, houve mudança no procedimento. O presídio onde as duas detentas engravidaram conta 18 presidiárias trans. Para essas detentas, não é obrigatório realizar cirurgia de resignação sexual.



 

Fonte: 1News

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem