Ex-mulher de Bolsonaro será candidata a deputada distrital

Ana Cristina Valle, ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro (PL), será candidata a deputada distrital pelo Partido Progressistas (PP).

Foto: Reprodução

Após transferir o domicílio eleitoral para o Distrito Federal, ela se filiou ao PP e disputará uma cadeira na Câmara Legislativa do Distrito Federal. As informações são do Metrópoles.


Essa não é a primeira tentativa da segunda mulher do atual presidente de tentar um lugar na vida política. Em 2018, Ana Cristina usou o nome “Cristina Bolsonaro” nas urnas para se eleger como deputada federal pelo estado do Rio. À época, filiada ao Podemos, obteve apenas 4.555 votos.

“Cristina tem uma história de luta, acompanhou e ajudou o presidente em suas campanhas durante 16 anos. Ela é uma apoiadora do governo Bolsonaro e entende que agora é o momento de disputar uma cadeira na Câmara distrital. E terá todo o apoio do PP”, disse a presidente do PP-DF, deputada federal Celina Leão, ao site.

Recentemente, a ex-mulher do presidente foi acusada de omitir patrimônio em seu nome na Noruega, país onde mora seu atual marido. Segundo publicou a revista Crusoé, Ana Cristina é proprietária de metade de uma casa avaliada em aproximadamente R$7 milhões na cidade de Halden, no interior do país escandinavo, de acordo com o registro do imóvel obtido pela reportagem.

Em sua declaração de patrimônio enviada ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 2018, quando ela disputou uma vaga a deputada federal e não foi eleita, a propriedade no exterior não constava entre seus bens. O TSE exige que os candidatos apresentem sua relação atual de bens contendo o valor declarado à Receita Federal.


As informações são do IG. 

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem