Idam de Codajás leva ações para fortalecer pesca artesanal e agricultura familiar na comunidade Murituba

A equipe técnica do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam) em Codajás (a 240 quilômetros da capital) levou uma série de ações para comunidade Murituba (distante 56 quilômetros da sede do município). A iniciativa incluiu orientações técnicas para atividades de pesca artesanal e agricultura familiar, e emissão de documentos para acesso às políticas públicas de inclusão socioeconômica e produtiva das famílias rurais.


A atividade, realizada na última semana, reuniu cerca de 30 pessoas, entre pescadores e agricultores. Na ocasião, a equipe ministrou palestras para informar os benefícios da Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP), Cadastro Ambiental Rural (CAR) e Cartão do Produtor Primário (CPP), que são documentos essenciais para que o produtor tenha acesso ao crédito rural, programas de comercialização da produção e editais de instituições parceiras.

De acordo com a técnica em pesca e gerente da unidade local de Codajás, Valderline Tomé, o Idam tem a preocupação de levar esses serviços até os pescadores de localidades mais distantes.

“Nosso compromisso é fazer com que as políticas públicas para o setor primário cheguem até as famílias rurais que mais precisam. O Idam atua no atendimento ao produtor oferecendo uma assistência técnica de qualidade que possibilite melhorar a estrutura de produção e a qualidade de vida daquele que produz alimentos”, enfatizou Valderline.

A comunidade Murituba possui mais de 160 famílias rurais que atuam nas atividades de pesca e cultivos de malva, açaí, mandioca e cacau. Os principais alimentos produzidos na localidade são a mandioca e o açaí.

Produção coletiva – Os técnicos também prestaram orientações aos associados do Sindicato de Pescadores do Murituba com o objetivo de apoiar o fortalecimento da entidade, com a documentação atualizada para que os pescadores possam garantir seus direitos e o acesso às políticas públicas destinadas ao setor.

FOTOS: Divulgação/Idam

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem