PC-AM deflagra Operação Xeque-mate e realiza transferência de 17 detentos de Eirunepé para Manaus

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio do Departamento de Polícia do Interior (DPI), e apoio da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core), deflagrou, no sábado e domingo (23 e 24/04), a Operação Xeque-Mate, que resultou na transferência de 17 detentos que estavam custodiados em Eirunepé, para uma unidade prisional de Manaus. Os presos respondem por vários crimes ocorridos naquele município.


Foram transferidos Agleilson Martins Lima, Alcimar Cavalcante de Lima, Antônio Aristóteles da Silva Moura, Antônio Moreira dos Santos, Erick Ozôrio da Silva, Francisco Alan Soares Barroso, Francisco de Paulo de Lima Castilho, Francisco Elton de Souza, Francisco Antônio da Silva, Francisco Cosmo Gurgel Bispo, Joab Oliveira da Silva, Joel Martins da Silva, Jones Aguiar de Oliveira, Manoel Raul de Aguiar Filho, Magno Gomes da Silva, Pepso Rodrigues Claúdio, Wilson Araujo de Andrade.

De acordo com o investigador de polícia Gonzaga Rezende, gestor da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) do município, a transferência foi feita em virtude de uma ordem judicial, expedida pelo juiz Jean Pimentel, da Comarca de Eirunepé.

“Vale ressaltar que a operação tem como finalidade cumprir com o trabalho policial realizado no município, coibindo e neutralizando as principais ocorrências criminais”, disse Gonzaga.

O gestor informou que a ação foi realizada tendo em vista o comportamento insatisfatório dos indivíduos, que não estavam colaborando com o trabalho da polícia e da Justiça, e, também por atingir lotação máxima daquela unidade policial, ocorrendo tentativas de rebeliões e fugas.

Procedimentos – Os indivíduos foram encaminhados ao Centro de Detenção Provisório Masculino (CDPM), onde permanecerão à disposição da Justiça.

FOTOS: Divulgação/PC-AM.

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem