Pela primeira vez no Brasil, pescador tem parada cardíaca ao ser atacado por peixe-leão

 Brasil – Um pescador foi atacado por um peixe-leão ao acessar a praia de Bitupitá (CE). O animal, além de ameaçar outras 29 espécies de peixes brasileiros, também é perigoso para banhistas, por se tratar de um tipo venenoso que encurrala a presa com espinhos.


É a primeira vez que ocorre um incidente do tipo em um ambiente natural no Brasil. O pescador foi teve um dos pés perfurados ao entrar em uma área chamada de curral de pesca, local mais propício para a aparição do peixe-leão, que geralmente se encontra em águas rasas. Ele teve febre, convulsões e duas paradas cardíacas, e foi encaminhado para o hospital de Camocim.

De acordo com o professor e pesquisador do Labomar – um dos laboratórios de pesquisas da Universidade Federal do Ceará (UFC) –, Marcelo Soares, responsável pela captura dos peixes, o espinho pode ficar na pele humana e deve ser removido. Apesar do veneno, casos de morte são raros.


Fonte: Portal CM7 

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem