Polícia Civil do Amazonas prende mulher que responde por crime de tentativa de homicídio

A equipe de investigação do 25º Distrito Integrado de Polícia (DIP), da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), prendeu, na segunda-feira (04/04), por volta das 15h, Juciléia Jakiminutt Campos, de 33 anos, em cumprimento a mandado de prisão preventiva.


A ação ocorreu após a infratora, que estava em liberdade condicional, supostamente tentar prejudicar o andamento da instrução criminal em torno de uma tentativa de homicídio ocorrida em 16 de fevereiro de 2021, na qual era investigada.

Conforme o delegado Leonardo Marinho, titular do 25º DIP, o ato judicial seguia em andamento com datas marcadas para os próximos dias 11 e 12 de abril deste ano. No entanto, houve desprezo e descaso com a Justiça após Juciléia entrar em contato, no dia 14 de fevereiro deste ano, com uma das testemunhas do delito.

“Juciléia entrou em contato por meio de um número desconhecido, com intuito de supostamente pressionar a testemunha a ter uma conversa com ela antes do depoimento a ser prestado. Após o contato da autora, a testemunha informou à 3ª Vara do Tribunal do Júri que se sentiu intimidada pelo telefonema”, explicou Marinho.

A autoridade policial relatou que as investigações apontaram que o número de telefone utilizado pela infratora pertencia a uma babá que trabalhava para ela. “O fato ocorrido mostra o descaso de Juciléia para com o trabalho da persecução penal, prejudicando a busca da verdade e o total esclarecimento dos fatos em apuração”, reforçou o titular.

Procedimentos – Juciléia teve sua liberdade condicional revogada, sendo presa preventivamente por conveniência da instrução criminal e será encaminhada à Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição da Justiça.

FOTO: Erlon Rodrigues/PC-AM

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem