Prefeitura de Manaus movimenta UBS no Dia Mundial da Atividade Física

Na semana em que é comemorado o Dia Mundial da Atividade Física, 6/4, a Prefeitura de Manaus iniciou a retomada da prática de exercícios físicos em unidades assistenciais da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).


As atividades haviam sido suspensas em 2020, em decorrência da pandemia da Covid-19, e estão sendo retomadas a partir da Unidade Básica de Saúde (UBS) Ivone Lima, no bairro Coroado, zona Leste, onde a manhã foi aberta com atividades físicas dirigidas aos usuários.

Conforme a chefe do Núcleo de Promoção a Hábitos de Vida Saudáveis da Semsa, Valéria Rojas, o estímulo à prática de atividade física é uma das estratégias do município para a promoção da saúde, prevenção e controle de doenças.

“O objetivo é gerar melhoria nas condições de vida da população e impactar na redução das doenças e dos fatores de risco relacionados ao desenvolvimento das doenças crônicas não transmissíveis. A falta de atividade física e o sedentarismo, assim como uma má alimentação e o tabagismo, são alguns desses fatores de risco, que podem levar à obesidade, diabetes, hipertensão arterial e tipos de câncer, entre outros agravos. Com a pandemia, foi necessário suspender as atividades em grupo de forma geral, mas, agora, com a redução de casos de Covid-19 e o avanço da campanha de vacinação, a Semsa iniciou o processo de retomada de algumas atividades, procurando manter os cuidados ainda recomendados”, informou Valéria.

De acordo com a educadora física da UBS Ivone Lima, Sílvia Borges, a unidade de saúde iniciou os grupos para a prática de atividade física em 2014, reunindo pacientes encaminhados após o atendimento e avaliação médica.

“Retomamos na última segunda-feira, dia 4, com o grupo do público adulto, que está com a gente desde 2014, com aulas duas vezes na semana. Os médicos da UBS colaboram encaminhando os pacientes e muitos têm alguma comorbidade, como hipertensão, diabetes e depressão. Também é feito um acompanhamento em saúde e o grupo participa de atividades de Educação em Saúde, então eles conhecem os benefícios da atividade física e são conscientes da importância do autocuidado. Mas todos estavam ansiosos para a retomada das atividades em grupo e estamos seguindo as orientações de segurança da prefeitura, para evitar o risco de transmissão de Covid-19”, informou Sílvia.

Tendo iniciado a participação no grupo da UBS Ivone Lima em 2018, Mery Deollene Perrone, 49 anos, estava procurando uma academia quando soube da retomada das turmas de atividade física.

“Fiquei muito feliz e comecei a divulgar para os outros participantes. Quando iniciei com o grupo em 2018, depois de encaminhamento do médico e os exames para saber se estava apta para os exercícios, eu pesava 80 quilos e até o início da pandemia, quando o serviço foi interrompido, estava com 56 quilos. E o retorno é importante para toda a comunidade, porque esse é um grupo de união, onde vejo resultados positivos, o acompanhamento é muito bom, com uma professora que é nota 10, muito atenciosa e que ajuda muito”, ressaltou Mery.

A médica ginecologista Jael Graça Justa, que trabalha na UBS Ivone Lima, disse que sempre incentiva os pacientes para a prática de atividade esportiva. “Qualquer prática esportiva é importante, de preferência na rotina diária, tanto quanto trabalhar, tomar banho e comer. É um dos fatores que melhoram a imunidade e ajudam a prevenir doenças como cardiopatias, câncer, e ainda melhora o humor e tem impacto na saúde mental”, afirmou a médica.

O grupo de idosos para a prática de atividade física deve retomar a programação na próxima terça-feira, 12, com foco principal na prevenção de quedas e fortalecimento muscular, assim como a orientação pela adoção de hábitos saudáveis de vida, inclusive com ações de imunização, sendo que nesta quinta-feira, 7, a UBS vai reunir todos os idosos do grupo para a campanha de vacinação contra a influenza.

Foto - Camila Batista / Semsa

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem