Prefeitura de Manaus realiza abertura da Semana da Literatura Amazonense na Semed

A Prefeitura de Manaus realizou a abertura da Semana da Literatura Amazonense com o tema “Prata da Casa”, nesta sexta-feira, 1º/4, com diversas atividades no hall da Secretaria Municipal de Educação (Semed), localizado no Parque 10 de Novembro, na zona Centro-Sul da capital amazonense.


O evento, que contou com a presença da secretária municipal de Educação, professora Dulce Almeida, prestou homenagem ao subsecretário municipal de Gestão, Carlos Guedelha, com a leitura sobre a sua vida e obra.

Além da homenagem, a cerimônia também marcou a primeira edição do “Recepção com Arte” de 2022. A ação contou ainda com as atrações grupo de ukulele, comandado pelo professor e designer da Semed, Augusto Vieira, e declamação de poemas de autores da rede municipal de ensino, como a obra “Sons”, da professora Tatiana Moreira e do artista José Guimarães Maraca, com a obra “Metade de um Conto”.

Para o pesquisador da área e também escritor, o professor Carlos Guedelha, a homenagem surgiu como uma surpresa. Para ele, esta semana é muito importante porque mais do que apresentar autores e textos para estudantes e professores da rede municipal de ensino, está ocorrendo uma valorização dos escritores locais.

“Teremos eventos, ações, em todas as escolas. Eu passarei por várias delas na próxima semana. O objetivo é valorizar a nossa literatura e sensibilizar toda a comunidade escolar, porque a literatura amazonense nos representa, nos traduz. Então temos que valorizá-la porque é uma forma de entendermos a nossa história, nossas raízes e a nossa própria identidade”, ressaltou.

Para o presidente do Conselho Municipal de Cultura (Concultura), Tenório Telles, a semana da literatura é um evento da maior significação em termos de promoção dos artistas locais.

“Ao mesmo tempo em que estimula a leitura no ambiente escolar, estimula também a escrita. Esse é um trabalho de preservação da memória literária de Manaus e do Estado do Amazonas, porque vamos passar uma semana discutindo livros, discutindo autores. A leitura e os livros são fundamentais e ninguém passa impunemente pela leitura de uma boa obra”, reforçou Tenório.

DDZs

A ação se dá em cumprimento à Lei Municipal nº 882, de 19 de setembro de 2005, que institui no município a realização da semana; e o Decreto n° 8.438, de 8 de maio de 2006, que regulamenta o ensino.

Ainda na primeira semana do mês de abril de 2022, a comissão organizadora do evento acompanhará os participantes que realizarão o “Minuto da Poesia” nos setores da Semed. Cada dia terá um convidado para declamar um poema. As Divisões Distritais Zonais (DDZs) prestarão homenagem aos escritores “da casa” e as escolas realizarão as atividades conforme suas programações.

Responsável pela coordenação da semana da literatura amazonense, o gerente de Atividades Complementares e Programas Especiais (Gacpe), Mário Jorge Cruz Lima, explicou que é uma programação extensa de divulgação da cultura amazonense, da literatura e dos escritores e poetas para estimular os alunos.

“Sabemos que temos muitos artistas nas nossas escolas que se encontram só adormecidos, precisando de um estímulo para poder soltar esse artista que existe em cada um”, finalizou Mário Jorge.

Fotos - Hugo Fernando / Semed

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem