Prefeitura promove ciclo de palestras e capacitações para servidores do município

A Prefeitura de Manaus deu início, nesta segunda-feira, 11/4, a quatro capacitações voltadas aos servidores da administração municipal, como parte da política de valorização profissional da gestão David Almeida.


Os cursos, que são promovidos pela Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi), vinculada à Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad), constam na programação prevista para o mês de abril.

O diretor-geral da Espi, Júnior Nunes, explicou que a qualificação permite um nivelamento do serviço público, oferecendo condições para a melhoria da qualidade das ações do município, voltadas à população. “Aumentando a qualidade dos serviços prestados, nós conseguimos fazer da cidade um lugar melhor para viver, conforme orienta o prefeito David Almeida, no sentido de melhorar a vida das pessoas”, salientou.

Pela manhã, no auditório da Casa Militar, na Vila da Prata, zona Oeste, foi aberto o ciclo de palestras direcionado a um grupo remanescente da Guarda Municipal de Manaus, que não havia participado das etapas realizadas no ano passado, abordando os diversos tipos de violência.

Presente na abertura, o diretor Claudionei Barbosa destacou que a corporação vive um novo momento e que os profissionais precisam estar capacitados para o desempenho de suas funções. “Nosso servidor precisa ser preparado para que tenha um olhar diferenciado sobre as diversas situações que poderá enfrentar no dia a dia, no exercício de suas atividades. Esse ciclo de palestras promovido pela Espi é de suma importância para que nossos guardas possam aguçar seus olhares sobre a questão da violência, de todos os tipos, tema das palestras, a fim de que estejam preparados para tomar a decisão mais acertada”, comentou.

No primeiro dia, o ciclo de palestras abordou a violência interpessoal, institucional e estrutural, tema apresentado pelo psicólogo Jocélio Branco Camargo, especialista em Política de Assistência Social e Gestão do Sistema Único de Assistência Social (Suas). “O entendimento, pelos guardas municipais, das relações interpessoais, institucionais e estruturais é fundamental para que consigam desenvolver um trabalho de qualidade dentro do serviço público. Essa iniciativa do poder público, de instituir esse tipo de capacitação terá reflexo em bons serviços para a população”, disse.

Eventos

À tarde, a Espi abriu o curso de “Gestão de Eventos”, no Casarão de Inovação Cassina, Centro, para servidores da Fundação Municipal de Cultura e Turismo (Manauscult), que atuam na produção e coordenação de eventos e de ações de turismo. O conteúdo do curso, que terá seis dias de duração, abrange a conceituação de evento; a produção e tipos de eventos; e as habilidades e competências necessárias para produzir um evento.

Também serão apresentadas as ações no pré-evento, como planejamento; estudo de mercado e viabilidade; criação do evento; escolha da equipe técnica; captação de recursos; planilha de organização e controles financeiros; divulgação do evento, as etapas durante a realização do evento: recursos de organização mais utilizados; espaço de realização e decoração do ambiente; orientações para saber lidar com imprevistos; transmissão virtual de eventos; e a avaliação pós-evento.

Simultaneamente, a equipe da Espi iniciou hoje um curso básico de “Libras Como Instrumento de Inclusão Social”. A capacitação tem como proposta apresentar aos participantes da primeira turma, as noções básicas da Língua Brasileira de Sinais (Libras), com a finalidade de facilitar a comunicação entre a população surda e os servidores ouvintes do atendimento ao público da Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi).

Além desses, a prefeitura também está oferecendo um curso de Informática Básica, com 15 horas de duração, para pessoas da comunidade - agentes públicos ou políticos - do bairro Presidente Vargas (antiga Matinha), zona Sul, que necessitam aperfeiçoar conhecimentos para utilizar ferramentas tecnológicas, com o objetivo de desenvolver habilidades práticas para preparação ao mercado de trabalho.

Fotos – Antônio Pereira / Semcom

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem